ll

quinta-feira, agosto 28, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ clique para ampliar ]
Praia do Ribeiro do Cavalo.Ribeiro do Cavalo beach.
Foto enviada por / photo sent by Filipe Baeta.

28 Comentários:

Às 28/8/08 , Blogger angela disse...

Beautiful shot, the framing, clarity of the water. All your photos are lovely..

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Beautiful (SESIMBRA).The best of Portugal.Nasci em Sesimbra e tenho saudades do Ribeiro do Cavalo, que quando era jovem fui para la imensas vezes. Adoro todos os seus fotos, fazem-me sentir mais perto do meu PORTUGAL. Vera Mesquita Ferreira (Edmonton Canada)

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Sesimbra é um paraíso.
Não estraguem!!

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Passei horas a divertir-me neste local e nunca o vi sob esta prespectiva. Nos meus vinte anos, durante um mês, passei no Ribeiro de Cavalo talvez os melhores dias da minha vida.
UMA HISTÓRIA REAL DAQUELES DIAS:
Um dia pela manhâ, maré cheia, sol,cheiro a maresia, chega uma xata com uns amigos pescadores. Entre conversa e cigarradas toca de encher a xata com peões durante três horas. Então diz um assim: já chega vamos embora. Só que a xata tinha uma tonelada de peões e a maré já tinha vazado. Coitados, lá passaram a hora de almoço a vazar a xata.

JPA

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Beaufifulllllllll (SESIMBRA).

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Um pequeno comentario! A pessoa que enviou a foto do Ribeiro do Cavalo, se nao estou em erro foi FILIPA BAETA, filha de Margarida e Emiliano Baeta! Obrigada (CANADA)

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Vera (CANADA) quando chegares a Sesimbra vem sempre ao muro da praia cheirar o mar da nossa terra é o que a tua mae sempre faz quando chega. Grande abraco Polinio e Elvira (tiveram ca de ferias e nao os vi)
GCA LPES

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Apraia é realmente um espectaculo, mas infelizmente até isto nos tiam,agora se frmos de barco aiola ou cacilheiro!!!temos de deixar o mesmo ancorádo a uma distancia em que se torna impossivel desembarcar , ou isso ou uma multa de 300 euros!!!sim 300 euros leram bem ,é o valor da coima, para quem leva a aiola até terra!!!
infelizmente nem a camara pode fazer nada,já que tem a ver com os popnas ou lá o k é...
assim ribeiro de cavalo é a pé e se kiseres..tambem é giro,mas nao é a mesma coisa!

 
Às 28/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

e nos vamos a pe assim nao nos tiram uma coisa que e nossa temos e que ir,algum dia nao temos nada natural

 
Às 29/8/08 , Anonymous Filipe Baeta disse...

A foto foi tirada por FilipE Baeta, filho de Julião e Gracinda Baeta.

Apesar de ser o mesmo apelido são famílias diferentes (parece mentira, não é, numa terra em que são todos "primos e sobrinhos"?).

Contudo, não levo a mal pelo lapso uma vez que a Filipa é da minha "geração" e desde pequenos sempre nos chamámos de primos.

Ainda bem que gostou da foto.
O João tem mais fotos, talvez as coloque noutro dia.

Cumprimentos de Sesimbra para o Canadá (e resto do mundo)!

Filipe Baeta

;)

 
Às 29/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Há sempre um canto de Sesimbra que desconheço. Este é um. Mas irei vê-lo na primeira altura. Saudades da Arrábida, de Azeitão, de Sesimbra, claro.
Maria

 
Às 29/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

O Ribeiro do Cavalo é um sonho que , inexplicavelmente, foi proibido visitar de barco. As grandes traineiras cheias de gente que alí almoçavam e passavam o dia a conviver foram proibidas de o fazer. Nunca houve acidentes e o lixo era trazido na volta. Agora a descida a pé é um calvário de lixo e de insegurança. São as maravilhas do Parque Luis Saldanha.
Um barco para nos levar ao Ribeiro custa , ida e volta, 30 € por cabeça. O Parque é só para alguns.

 
Às 29/8/08 , Blogger Ana disse...

Nunca me arrependo de ter vindo viver para SESIMBRA!!!
Como amamos estes cantinhos... só desejo que continuem virgens!

 
Às 29/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Mas não vão continuar minha amiga.
Pergunte ao Dr. João Aldeia, qual é o mega projecto turistico que esta previsto para aquela zona.

 
Às 29/8/08 , Blogger Ana disse...

Sei por alto...
Vamos a caminho de uma nova Caparica, infelizmente!

 
Às 29/8/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Ana: os projectos para a Mata de Sesimbra — quer o da zona sul, que foi já aprovado, quer o da Herdade da Apostiça, este da autoria da arquitecta Olga Quintanilha, entretanto falecida — não têm nada a ver com o urbanismo da Caparica. São projectos de turismo residencial destinados a uma gama alta, e com grande qualidade ambiental, configurada no Plano de Gestão Ambiental, de renaturalização da mata com espécies autóctones e tradicionais.
A grande dúvida deste projecto é o da sua execução. Conheço os projectos e também conheço, porque os visitei, os locais em que se prevê a construção.

Cheguei a escrever neste blog sobre o assunto, e o que escrevi (e não apaguei nem modifiquei) pode ser lido aqui. Ao contrário do que afirma, num outro blog, um comentador cujo papel corresponde ao dos antigos informadores da Pide, não mudei de opinião a este respeito, sempre pensei isto dos projectos a Mata de Sesimbra, sempre o disse e o escrevi: qualidade do projectos, dúvidas quanto à execução.

Logo no primeiro debate público sobre a Mata, que teve lugar na Quinta do Conde, «critiquei alguns dos argumentos "económicos" de defesa do projecto, que considero serem pura demagogia, tal como é o caso de se afirmar que 50% do abastecimento do empreendimento terá origem na região. Em resposta à minha intervenção o anterior ecologista e actual consultor da Pelicano, José Manuel Palma, não soube responder cabalmente, pelo que, neste aspecto, mantenho as minhas reservas». Isto é uma citação do que escrevi neste mesmo blog no dia 23 de Abril de 2006, já lá vão mais de 2 anos. E continua a ser a minha opinião. Também por isso, tanto nos debates como noutras instâncias, tenho proposto que o Município deve organizar um mecanismo rigoroso de controlo do andamento dos projectos.

Porque isto está escrito, funciona como prova. Mas não adianta de muito: os caluniadores, que não têm vergonha na cara, a coberto do anonimato, continuarão a caluniar e a mentir. Também sempre foi assim, até porque sempre haverá gente supostamente "séria" para lhes dar guarida e protecção, aplicando a velha máxima que tem servido para justificar os maiores crimes: "os fins justificam os meios".

 
Às 29/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

O Dr. José Manuel Palma, já não é consultor da Pelicano.

 
Às 29/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Como dizem os brazileiros
"me engana que eu gosto"

 
Às 29/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Não me diga que houve alguém a dar mais dinheiro ao Palma para ele defender interesses ambientais... parece o feijão frade...

 
Às 30/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Quem é que tem interesse, e quem é que ganha, com aprovação do projecto da Mata de Sesimbra?

 
Às 30/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Alguém me consegue explicar o que é isso de "turismo residencial"? Qaual a importância económica que tem para o conselho, para ocupar os melhores locais?Qual o proveito para o concelho com a venda clandestina e ilegal, através da internet ou com sinais nas janelas, de centenas de alojamentos desse "sector económico" chamado "turismo residencial"?
Os meus agradecimentos antecipados a quem me esclarecer.

 
Às 30/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Quem é que tem interesse no projecto da Mata de Sesimbra?
Perguntem ao Augusto Pólvora e ao Francisco Luís, PCP e PSD.
Dizem, que depois da aprovação do projecto, foram comemorar numa quinta algures no Concelho de Sesimbra.

 
Às 30/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Muita inveja e frustação, de gentinha sem solidariedade e capacidade de construir algo, é o que por vezes se vê por aqui.O Tema é o Ribeiro de Cavalo, se querem falar da Mata vão às Assembleias Municipais, onde até nem se paga bilhete e todos são bem recebidos e esclarecidos.

 
Às 30/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

É uma lástima que uma praia tão bonita corra o risco de ser desfigurada pela pedreira que sobre ela avança . Quanto ao parque Luis Saldanha, chegou em boa hora. As restrições impostas já começam a dar resultados. Os fundos marinhos estão progressivamente a recuperar alguma da sua antiga riqueza faunística.

MP

 
Às 30/8/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

O que se designa turismo residencial não é o aluguer (ou sub-aluger) de casas de habitação por períodos temporários. Trata-se antes da venda de habitações para férias ou estadias sazonais, normalmente integradas em condomínios ou em complexos turísticos dotados de uma série de equipamentos e serviços turísticos. Um exemplo dessa oferta de serviços poderá ser a estratégia da Casa da Mesquita, que está a preparar as zonas dos areeiros para actividades associadas ao desporto-Natureza e aventura (ver →).

 
Às 30/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Espero bem que sim... que assim seja!
Não me quero arrepender da minha escolha!
Mas quando vejo tanta construção, sem venda á vista (aqui em Santana é um exemplo), tanta aberração (pisos a mais), a ausencia de parques infantis públicos... e um outro numero de pequenas/grandes coisas que fazem falta a quem cá mora... desagrada-me estes anuncios de mega empreendimentos!
Podem vir a ser mais riqueza para o concelho... mas não para todos obviamente!
Alfacinha de gema, bem da Baixa Lisboeta, cansada do barulho, da confusão... aqui AINDA é bom viver!
(-Ana)

 
Às 31/8/08 , Anonymous Anónimo disse...

Cara Srª. Ana,

A riqueza para todos é uma utopia, a menos que um dia os ricos, sejam todos pobres.

JPA

 
Às 31/8/08 , Blogger Ana disse...

Bem dito;)*

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada