ll

quarta-feira, dezembro 19, 2007

fotografia alojada em www.flickr.com
[ blog©Sesimbra - clique para ampliar ]
Grupo familiar numa aiola em seco, mas carregada de futuro.Portuguese Gothic
Family in a aiola: a traditional boat from Sesimbra.
Foto cedida por Maria Manuel Gomes.

5 Comentários:

Às 20/12/07 , Anonymous maroto disse...

Pau seco, aiola em seco, tão perto da borda d'água... alguém explica?
Eu não perseco...

 
Às 21/12/07 , Anonymous Anónimo disse...

O nome "Pá-seco" vem da alcunha dada ao Manuel Pau-seco - como era muito magro chamavam-lhe "pareces um Pau-seco", daí pau seco!

 
Às 22/12/07 , Blogger Amiga Atlántica disse...

En Málaga hay unas embarcaciones tradicionales llamadas Jábegas con ojos pintados a ambos lado de la proa iguales a los de esta barca, tendrán un origen común?

 
Às 23/12/07 , Blogger J.A. disse...

amiga atlántica: em Sesimbra é muito antiga esta tradição de pintar olhos nas caras dos barcos. Não sei qual a origem, mas os arqueólogos têm encontrado olhos pintados nas caras de trirremes da Grécia antiga.

 
Às 26/12/07 , Blogger J.A. disse...

Talvez a imagem mais antiga de uma embarcação de Sesimbra com olhos na cara seja este desenho de uma canoa ou barca do alto, incluída no livro de 1892 de Baldaque da Silva, "Estado Actual das Pescas em Portugal".

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada