ll

terça-feira, abril 22, 2008

Dia da Terra

fotografia alojada em www.flickr.com
[ clique para ampliar ]
A zona da Ribeira da Pateira onde se localizam os grandes areeiros é dos sítios mais interessantes de Sesimbra, em geológicas e em história, passada e presente. Propriedade da Casa da Mesquita, desenvolveu-se aqui uma agricultura vibrante, sustentada pelas águas aprisionadas na camada de argila, onde se chegou a produzir milho e arroz. Mais tarde, a extracção de areias e argilas alimentou edificações de toda a região de Lisboa, e até os padrões das areias chegaram a ser "copiados" (por estrangeiros...) para estampagens. A silvicultura tem ainda um papel importante, mas a doença do nemátodo condenou esta fileira. Com a perpspectiva de desenvolvimento do projecto turístico da Mata de Sesimbra, a Casa da Mesquita começou, há alguns anos, a regularizar os grandes lagos artificiais e a florestar toda a área que se estende até à Quinta do Perú, tendo em vista constituir uma zona de lazer, ecológica e multifacetada. O fruto dessa actividade foi o desenvolvimento de ecossistemas que atrairam uma fauna espectacular, principalmente de aves, algumas delas sob protecção. É um microcosmos extraordinário, desconhecido da maior parte dos sesimbrenses.
Coordenadas: 38 30 46 N   9 05 41 W (copiar/colar no Google Earth)
The area of Ribeira da Pateira is one of the most interesting places of Sesimbra. Owned by Casa da Mesquita, these sandy lands have seen a vibrant agriculture in the past, including corn and rice, supported by the waters trapped by the layer of clay. Later, the extraction of sand and clay, have sustained the building industry of the Lisbon region. Even the sand patterns have been "copied" to be used on printing. Pine tree forestry still has an important role, but it is doomed by the nematode disease. With the perspective development of a residential tourism project in sight (Mata de Sesimbra), the Casa da Mesquita began to stabilize the large artificial lakes and afforested the whole area up to the Quinta do Peru, in order to develop a zone of ecological recreation. The fruit of that activity was the development of ecosystems that have attracted a spectacular fauna, mainly birds, some of them under protection. This is an extraordinary microcosm, unknown to most of the people of Sesimbra.
Coordinates: 38 30 46 N   9 05 41 W (copy/paste on Google Earth)

4 Comentários:

Às 22/4/08 , Anonymous Anónimo disse...

Pelos vistos não é necessário construir um megaempreendimento turístico(?) para poder recuperar a Mata. Há quem o faça já, e com sucesso!

 
Às 23/4/08 , Blogger Swt disse...

Bela fotografia!

 
Às 23/4/08 , Anonymous Anónimo disse...

Oh swt, sem desprimor para o fotógrafo, o que é que esta fotografia tem assim de tão belo ? Temos que ser criteriosos nas apreciações que fazemos, ou não será assim ?

 
Às 28/4/08 , Anonymous joao fonseca disse...

se assim fosse eu diria que esta foto de belo TEM A MÃO DA MÃE NATUREZA.e peço a deus que não chegue lá tão cedo a mão do homem.
sem desprimor para o anónimo

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada