ll

domingo, junho 05, 2005

"O povo tem razão: sem pesca não há pão"


Esta foi uma das palavras de ordem da marcha realizada hoje de manhã, contra as propostas do governo contendo medidas de restrição da pesca, medidas essas que poderão ditar o fim da pesca costeira, em que se ocupam actualmente muitos pescadores. A convocatória da marcha apresentava o título: «Para que não nos roubem a nossa identidade cultural» [ver o comunicado]. Um dos manifestantes exibia um cartaz com a mensagem: "A herança dos nossos pais foi o mar para pescar e trabalhar".

A marcha iniciou-se perto das 9.30 da manhã, na rotunda de Santana, seguindo para Sesimbra pela estrada principal, continuando depois até ao porto de abrigo. Aqui iniciou-se uma caravana de barcos que deu várias voltas à baía. Participaram na marcha terrestre cerca de 150 pessoas e, no mar, cerca de 80 embarcações.
[clique nas fotos para as ampliar]


Pormenor da manifestação na Barquinha


Barquinha


Alfarrobeira


Rua Cândido dos Reis


Marginal poente


Praia da doca


Embarcação "Lúcia de Jesus"
(com jornalistas e membros dos partidos)


Embarcação "Santa Mãe"
(com o presidente Amadeu Penim)


Rumo ao Caneiro


Caravana na baía de Sesimbra

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada