ll

quarta-feira, junho 25, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ clique para ampliar ]
Por volta das 10:00h a Pérola de Sesimbra chegou ao Porto de Sesimbra com 16 toneladas de cavala. O destino da cavala é Tarragona, em Espanha, para alimentar os atuns que são criados em viveiros em pleno Mediterrâneo.10 o'clock in the morning: 'Pérola de Sesimbra' arrives to the harbour with 16 tons of king mackerel; from here, the fish will be sent to Tarragona, Spain, to feed the tuna raised in aquaculture, in the Mediterranean Sea.
fotografia alojada em www.flickr.com
Fotos enviadas por / photos sent by Miguel Lourenço.

21 Comentários:

Às 25/6/08 , Blogger Sailor Girl disse...

AWSOME PHOTO AND POST!!!!

 
Às 25/6/08 , Blogger Swt disse...

a primeira tem um azul fabuloso...

 
Às 25/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

É pena que os espanhóis não invistem na zona de Sesimbra, porque um estudo realizdado à uns anos concluio que Sesimbra tem condições, claro que não era junto à praia mas sim a umas centenas de metros.

 
Às 25/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Na foto não vejo o Hugo Pila,que é o mestre do bote?

 
Às 26/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Não me digam que para a traineira chegar mais depressa a terra largaram o bote com o Pila no meio do mar!
Será que ele já chegou a terra?

 
Às 26/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Andamos a apanhar peixe no mar para servir de alimento a peixe em cativeiro. Que desperdício de recursos !

MP

 
Às 26/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Acha que é desperdicio de recursos, então eu pergunto quantas vezes come cavala num ano?
Ou como escoar 16000kg de cavala só de um barco para o mercado?
Gostava de ter mais alternativas mas quais?

 
Às 26/6/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Mas isso sempre se fez em Sesimbra: por exemplo, peixe da armação ou da traineira que era usado no aparelho.

Estas pisciculturas de engorda do atúm é que estão a dar alguma polémica, como se vê neste relatório da WWF: The plunder of bluefin tuna.

 
Às 26/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Sinceramente gosto muito mais de filete de cavala em conserva do que conserva de atum.
O armazém da Sesibal no porto de abrigo costuma ter,tenho amigos que ficaram clientes e adeptos da filete de cavala em conserva.

 
Às 26/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Não estava a criticar os pescadores que apanham as cavalas. O que me faz confusão é um sistema de aquicultura que acaba por não ser alternativa à pesca pois também se abastece no mar.

MP

 
Às 26/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Existem vários tipos de Aquiqultura, mas no caso concreto dos atuns não convem mudar a cadeia alimentar, e como a nossa costa é rica em cavala e não existe grandes alternativas de à 1 ano para cá consseguiu-se esta.
Repare na agricultura começaram a fazer um certo tipo de farinhas para os animais, e depois apareceram vários tipos de doenças, como a gripe das aves,vacas loucas ou ainda os da lingua azul.

 
Às 26/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Já agora a cavala é vendida a 0.20centimos o kg.
É um peixe que é rico em vários tipos omegas,no entanto para muita gente é descriminado porque os antigos diziam que os peixes de pele azul e sem escama vaziam mal à saude.
Provem cozidas de ág. e sal.

 
Às 26/6/08 , Blogger Jilly disse...

Beautiful shots.

 
Às 28/6/08 , Blogger joca disse...

Meu Caro J.A.

Parabéns.
Lindas Fotos de uma bela traineira da nossa Sesimbra.
Porque será que não me canso de admirar este espectáculo que a nossa Piscosa em conjunto com esses seus dilectos filhos (pescadores) nos teimam em oferecer, contra Ventos e Marés?
Realmente é preciso ser Gente nobre de muita coragem para continuar esta coisa maravilhosa que é a PESCA.
A pesca do cerco, em Sesimbra, como outras, têm sabido ambientar-se, regenerar-se, modernizar-se e quiçá implementar formas de gestão inteligentes que têm contornado o desafio poderoso da globalização da economia.
Repara meu caro, esta situação da cavala, que ainda há pouco era deitada ao mar, um peixe de tanta qualidade, de um valor nutricional tão importante, deitado fora….Eu sou um adepto deste peixe. Ainda esta semana comi em dois dias, cozidas de agua e sal, como diz a nossa gente. Que manjar!!!
E as cavalinhas de conserva? Que maravilha.
Sei que as nossas Gentes do Mar estão a lutar pela certificação do nosso peixe. Boa Ideia. A sardinha, a cavala , o peixe espada, etc, etc. Desejo que tenham êxito.
Já agora um comentário: Benditos atuns que se alimentam das nossas cavalas. Pena é que não existam mais SERES a quererem este manjar, porque 20 cêntimos é muito pouco para tanto esforço e trabalho. Mas enfim é um começo.
Continua com as tuas FOTOS.
João Capítulo

 
Às 28/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Espero que não façam à cavala o que fizeram ao peixe-espada branco.

 
Às 29/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

E eu espero que não façam à cavala o que fizeram à gasolina!

JPA

 
Às 29/6/08 , Anonymous PEDRO 19 disse...

PARECE UMA FLECHA A NAVEGAR E OMEU MENINO SCANIA

 
Às 29/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Muito bem.
Dois Joões de muita sensibilidade por esta nossa Terra.
Gostei!...
LC

 
Às 1/7/08 , Anonymous Anónimo disse...

Parabens ao Blog por proporcionar Fotografias tão boas.

 
Às 1/7/08 , Anonymous Anónimo disse...

Como é que descarregam todo este peixe do barco?

 
Às 24/6/09 , Anonymous hugo pila disse...

o pila chegou sao e salvo a terra!e ja agora para quem nao sabe a venda de cavala aos viveiros de atuns e o que mete o sustento no prato dos nossos filhos

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada