ll

segunda-feira, novembro 28, 2011


Fez no dia 25 um ano que a "Pérola de Sesimbra" pescou 18 toneladas de sarrajão, o maior lance desta especie de que há memória em Sesimbra.One year ago the fishing boat "Pérola de Sesimbra" captured 18 tons of belted bonito [sarda sarda]
[ clique para ampliar ]

5 Comentários:

Às 28/11/11 , Anonymous Anónimo disse...

Os antigos dizem que "o mar é femea" continuem a despoluir os oceanos e vão ver como o peixe vai reproduzir-se não façam do pescador local o bode espiatório até porque cada vez são menos e à que icentivar os poucos que abraçam esta profissão.
Á uns anos um pescador antigo dizia que em Sesimbra o futuro estava na pesca ao que na altura discordei depois da actual conjutura económica dou a mão à palmatória.

 
Às 1/12/11 , Anonymous Anónimo disse...

O que mais me impressiona no anónimo de 28/11 é que ele parece acreditar piamente no que diz. O seu raciocínio é de uma desarmante e arrasadora simplicidade: continuem a despoluir os oceanos e vão ver como o peixe vai reproduzir-se, afirma. Será que ele nunca se interrogou como é que o peixe se reproduz quando um stock é explorado para além de sua capacidade de renovação? Aparentemente não! Será que ele nunca terá ouvido falar do que aconteceu na Terranova, um dos mais importantes pesqueiros de bacalhau nos últimos séculos, que foi fechado em 1991 e continua fechado até hoje ? Parece que não ! Será que ele desconhece o estado actual do atum rabilho, cujas populações diminuíram cerca de 85 % nos últimos 30 anos devido à pesca excessiva? Só pode !
Interrogo-me eu: como é possível este nível de desconhecimento num indivíduo que aparentemente se interessa pelos assuntos da pesca ? Olha se fossemos todos assim...

MP

 
Às 1/12/11 , Anonymous Anónimo disse...

mp leu bem, parece que não.
Não estou a falar de pesca industrial só a sua mente poluida é que deduziu mal inclusive falo do pescador local, tambem eu tenho consciencia qua existem certos tipos de pesca perdadora como nas baleias,na pesca tem de haver restrições e eventuais defesos mas temos que ter em consideração o sustento das comunidades piscatórias mas infelizmente em Portugal os Politicos e os biologos ditam as regras da pescas com base não se sabe em que porque existe muita ignorancia, o próprio governo faz destinções dos portos e pescadores em Sines são os campeões da pesca do cerco mas recebem mais icentivos do que em sesimbra por estarmos agregados à zona de Lisboa (porque é considerada zona rica) estas distinções feitas porquem não percebe nada disto como o mp trazem diferenças de comptividade entre barcos de 2 comunidades piscatórias afastadas 70km.
Você mostra falta de conhecimento da pesca talvez a sua vocação seja outra para comentar estes assuntos.
Há 12 anos os barcos de sesimbra deixaram de pescar nos bancos a sudueste do continente porque os bancos deixaram de ter peixe agora que sesimbra já não tem barcos para pescar ao espada branco andam os Penicheiros a carregarem.
Como o parque marinho em que intelectuais ditaram as regras sem ter conhecimento numa altura que estamos a gerir os recursos limitaram a pesca do cerco a 1,5milhas da costa ora a partir dos 300m é quase só areia acontece que em dias de estar a costa cheia de peixe não residente ou seja carapau,cavala cardumes que vêm da fundura não deixam pescar na areia onde não existem os tais peixinhos ás cores como vocês imaginam, têm que gastar centenas de liros de gasoleo para ir muito longe podendo pescar nesta costa onde inclusive faz abrigo das tempestades de norte e noroeste.
Concluo que o MP fala como biologo que não tem conhecimentos suficientes e como um anti-sesimbra que lamento profundamente que pessoas como você que comem peixe mas deviam comer apenas de cultura.
A RTP no telejornal damanhã no minuto verde icentiva inclusive o consumo de cavala,carapau e sardinha sendo eles ecologistas não percebo o porquê de não se poder pescar tais especies junto à costa e apanas na areia.

 
Às 1/12/11 , Anonymous Anónimo disse...

Meus amigos, nem tanto ao mar nem tanto à terra, não há razão para o MP desancar o anon. 28/11

 
Às 3/12/11 , Anonymous Anónimo disse...

Em Sesimbra acabarão os pescadores antes de acabar o peixe! Devia haver a consciênia que os pescadores são também uma espécie a proteger!

BF

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada