ll

sábado, março 12, 2011

Obras na Misericórdia.Works.
[ clique para ampliar ]

9 Comentários:

Às 13/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

Até que enfim, uma rampa, realmente tal como durante tantos anos no hospital não se compreende estes locais com função especifica para quem tem dificulades de locomoção não ter rampa de acesso, isto para não falarmos de edifícios publicos(CMS) que exigem aos outros mas no que lhes toca a eles, assobiam para o ar... .

 
Às 13/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

Carissimo aldeia,é possivel averiguar jornalisticamente o porquê do GRUPO DESPORTIVO DE SESIMBRA DEVER 2 ANOS DE ORDENADOS AOS TREINADORES DOS JOVENS e 3 meses aos jogadores de futebol??a desculpa é sempre a mesma ,a camara nao pagou o que deve,mas os jogadores de futebol fizeram contratos com a camara ou com oSESIMBRA???

 
Às 13/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

O tempo que pagam ordenados no Sesimbra ponham prata da casa a jogar.
Foi conta dessa politica que hoje temos as equipas miseráveis que temos e os "clubes do INATEL" andam a competir nas mesmas divisões que este PSEUDO-GRANDE do Concelho.

Onde é que andam os "Marcos Pronto" e "Brunos" do futebol Sesimbrense?
Ah é pois é, o clube está teso!

 
Às 14/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

Neste momento o que nos anda a preocupar é o futebol.

 
Às 16/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

Quem faz os projectos não pensa nas acessibilidade?
Ah! A lei é recente!

Barbas

 
Às 16/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

Ao Barbas.
A lei é recente mas os idosos sempre existiram.
Conclui-se que é notoriamente falta de cuidado um equipamento público deste tipo não ter previsto no acesso principal a acessibilidade devida.

 
Às 17/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

E a sinalética vertical? E os postes de electricidade? E as bocas de incendio? que nos atravessam nos passeios, vejam como exemplo a estrada nacional 378, mais propriamente junto ao Arquivo Municipal, que para passar um peão ou um carro de bebe tem que ir para a estrada. E as Caixas de multibanco muito altas e o acesso a elas. Tudo isto é uma questão de civismo, de as pessoas responsaveis terem um pouco mais de sensibilidade e de verem para alem de si proprias. Isto nao é um problema local é uma questao nacional, mas quando se põe um sinal na via publica alguem é responsavel.È como o estacionamento p/ deficientes que nao é respeitado,mas tambem existem aqueles que abusam dessa situaçao, porque sendo deficientes têm a capacidade de andar a fazer caminhadas e passeios pela marginal e ocupam o lugar de quem mesmo precisa(cadeira de rodas)

 
Às 17/3/11 , Anonymous Anónimo disse...

Existe espaço público cuidado por incompetentes e espaço público criado por marginais. Ambos podiam aprender mais um bocadinho com as verdadeiras necessidades das pessoas.

 
Às 18/3/11 , Blogger Luz disse...

Sr João,
Ando tão distraida das lides da vila, que graças ao seu blog é que me apercebi da construção da rampa, em bom tempo a fizeram.
Mais uma vez obrigado pelo seu blog

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada