ll

segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Nova ponte-cais em construção.Building a new wharf.
[ clique para ampliar ]

12 Comentários:

Às 7/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

Na sexta feira fiquei surpreendido com a presença do Sr. Carlos Lopes no porto de Abrigo de Sesimbra são raras as vezes que aparece para um admistrador do porto, sendo um homem da terra deveria ter a humildade de confrontar mais vezes os utentes do porto para saber as verdadeiras carencias.

 
Às 7/2/11 , Blogger Steffe disse...

Always interesting to follow construction sites i think.

 
Às 7/2/11 , Blogger Leif Hagen disse...

Looks like a beautiful view from there!

 
Às 7/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

As ruas da minha terra são lindas!!!

 
Às 8/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

Carlos Lopes, não precisa que eu venha a terreiro fazer a sua defesa, o seu percurso de vida fala por si: o seu curriculum, a sua competência e a sua conduta low-profile, aparecendo apenas nas alturas devidas sem grandes holofotes.
Portanto, os comentários feitos pelo anónimo de 7Fev são antagónicos e injustos.
Para mim como Sesimbrense orgulho-me que ele seja Presidente do Conselho de Administração da APSS, conseguindo os resultados que ultimamente foram do conhecimento público em que amortizaram o último empréstimo bancário, passando a uma situação financeira de endividamento zero, depois de terem herdado uma dívida superior a 12milhões de euros em 2005.
Estou á vontade para o dizer, pois tirando os bons dias de boa educação, nunca mantive qualquer contacto com a pessoa em causa, sendo um pouco mais velho do que ele já o admirava pela sua atitude cívica independentemente da sua formação académica.
Em Sesimbra admira-se com mais facilidade os forasteiros, havendo uma inveja pelo sucesso dos conterrâneos e se não forem da mesma cor política é uma injúria constante.
SSempre

 
Às 8/2/11 , Blogger J.A.Aldeia disse...

A mim também me parece que a efectiva administração do porto é mais importante do que o número de visitas. E quem é que sabe quantas vezes Carlos Lopes visita o porto?

 
Às 8/2/11 , Blogger Klatuu o embuçado disse...

Muito bonito este blogue, um dos mais interessantes no género.

Que os deuses do mar, da terra e do céu sempre zelem pela nobre e valente Sesimbra!

Abraço.

 
Às 8/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

O primeiro anónimo não fala em falta de competencia nem mete em causa o percurso de vida apenas acha que deveria aparecer mais vezes e falar com quem por lá trabalha como todos os admistradores de empresas, eu percebi a mensagem lamento que algumas pessoas se piquem, aliás ninguém é perfeito e toda a gente erra e o Carlos Lopes embora reconheça que tem feito muito pelo porto tambem tem errado.
Neste cais novo que tráz beneficios à frota de pesca espero que não se cometa os erros dos outros dois ou seja embarcações mais pequenas correm o risco na praia mar ficar debaixo do cais e afundarse como já aconteceu ou partirem-se.
Um dia destes tambem reparei que os cocos disponabilizados para os ancoradores de recreio têm os coletes de salvamento com candeado em caso de uma emergencia não dá para utilizar.

 
Às 10/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

Bonita fotografia,só é pena que seja publicada quaze quinze anos depois,altura em que esta construção deveria ter sido iniciada,se,se tivesse dado seguimento prático ao estudo elaborado na altura,por uma empresa especializada,de um plano de ordenamento do porto de pesca, que muito tardou.
Outros estudos se seguiram,mas parece que foi desta vez.Espero no entanto que esta não sirva de tão pouco como as anteriores,ressalva para a utilização dada à parte poente da primeira ponte de cais,ocupada à revelia de todos,e em particular à revelia de todo o sector da pesca,mas enfim,outros tempos,outras Administrações,
outos pescadores.

Em relacção a esta obra,espero que tenha melhor utilização que as anteriores,mas para isso são necessárias medidas drásticas que se prendem com a responsabilização por parte de entidades como a Doca Pesca e a Apss,na elaboração de um regulamento de exploração,que defina regras e por sua vez obrigue o estacionamento correcto das embarcações,para que se acabe uma vez por todas com desordenamento nos planos de àgua,e com a bagunça nos cais de descarga.
Só tomando estas medidas se pode justificar esta obra.
Não basta fazer obras,é necessário saber mantelas.

 
Às 10/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

Qual pesca?
Zé dos anzóis

 
Às 13/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

Qual pesca ?
Pergunta o amigo Zé dos anzóis...

É pena que se tenham bservaçôes destas.
Por um lado porque é mentira,a prová-lo os dados públicos divulgados pela Docapesca,por outro, porque não aparecem alternativas sustentadas.
Mas estas observações não me surpreendem:
José Hermano Saraiva na sua última deslocação a Sesimbra em reportagem,também não encontrou pescadores no Porto de Pesca.
É pena,tivesse vindo mais cedo ou mais tarde,não na hora do almoço.
Não sei se será o caso do Zé dos anzóis,ou se será também intelectual...

 
Às 14/2/11 , Anonymous Anónimo disse...

Não falo do que não sei.
Só sei que nada sei.
Intelectual do Caneiro

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada