ll

sábado, dezembro 04, 2010

Surfando no céu.Kitesurfing in a cold day.
[ clique para ampliar ]

11 Comentários:

Às 4/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

Será adequado titular a foto como "VOANDO SOBRE UMA ESTAÇÃO DE ESGOTOS" à beira-mar?
Cineasta

 
Às 5/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

Um cineasta da treta, porque Sesimbra não merece, um merdoso.
Vá dizer mal para outras bandas e se for da beira-mar mais grave se torna, porque todas as pessoas que nos visitam a consideram.
SesimbraSempre

 
Às 6/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

O Cineasta foi muito radical com o comentário, à imagem da foto que tem tudo de radical.
Mas entendi a mensagem do Clube Naval cheirar mal.

 
Às 6/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

Amazing!
Podiam ter colocado o pivete uns quantos kilometros mais a Leste!

 
Às 7/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

Surfando??? Que palavra é essa?
Isso é muito abrasileirado.
As palavras correctas são "A fazer Surf"

 
Às 7/12/10 , Blogger J.A.Aldeia disse...

O dicionario da Priberam já acolhe o neologismo "surfar":

http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=surfar

 
Às 8/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

Não é verdade, o dicionário Priberam da Lingua Portuguesa não reconhece a palavra "surfando". Quanto muito reconhece "surf", que é o desporto que consiste em manter o equilíbrio sobre uma prancha accionada por uma vaga na rebentação.

 
Às 8/12/10 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Oh amigo, então até coloquei ali um link (anglicismo...), pelo qual se vê que o verbo "surfar" é aceite pelo Priberam, e mesmo assim insiste?

E depois, qual seria um mal de integrar um brasileirismo no Português padrão? O falar brasileiro é aquele que maior plasticidade, expressividade e fluidez deu à língua Portuguesa, e devíamos ter muito orgulho nisso.

 
Às 9/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

Tá bem Sr. Aldeia, mas:
O Grito do Ipiranga foi em Setembro de 1822. Ficamos "orgulhosos", mas mais pobres.
Será que se inverteram os papeis e estamos a ser colonizados? Talvez.
Já agora, a sua foto mostra alguém no ar e não a aproveitar a energia das vagas (surf).
Teria sido projectado por uma grande onda?
The end (anglicismo...)

 
Às 9/12/10 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Mais pobres, não ficámos, porque o Brasil pagou pela independência. E o mundo - incluindo Portugal - ficou mais rico com uma nova nação, única e imprescindível.

O kitesurf recorre, especialmente, à energia do vento.

 
Às 23/12/10 , Anonymous Anónimo disse...

Amigo João quem não sabe fazer, arranja sempre a maneira de afiar a línguam mas era bom que aprendesse a surfar,porque a água salgada tambem lava as linguas sujas: feitios!!!!!!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada