ll

segunda-feira, abril 12, 2010


Rua dr. Peixoto Correia: antes e depois.Two images of Peixoto Correia st.
[ clique para ampliar ]

5 Comentários:

Às 13/4/10 , Anonymous Anónimo disse...

O depois, é um dos poucos bons exemplos do respeito pela arquitectura tradicional de Sesimbra!
É pena que os arquitectos responsáveis pelas obras actuais sejam tão, tão, tão suburbanos que não consigam distinguir a cultura arquitectónica de Sesimbra de uma qualquer Amadora, Almada ou Alcochete, Barreiro, Loures, Seixal etc…
Pelo cançasso, já não encontro palavras para classificar os crimes que estão a ser cometidos no urbanismo da nossa terra e nos costumes das nossas gentes!
Enfim, como costuma dizer o Dr. Aldeia, este é um comentário cobarde, de um desprezível e ignorante anónimo.

PS: Um dia a história comprovará!

 
Às 13/4/10 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Sim, costumo classificar como cobardes os ataques pessoais sob anonimato. Não fui eu que inventei isso, faz parte da nossa ética comum.

Este seu comentário não tem nenhum ataque pessoal, portanto não se enquadra nessa categoria. Está com pouca sorte, hoje.

 
Às 13/4/10 , Anonymous Anónimo disse...

A loja do saudoso Sr. Justino, que agora é mais uma porcaria dos chineses.

 
Às 15/4/10 , Anonymous Anónimo disse...

Engana-se, Dr. Aldeia!
Hoje estou com sorte, porque não fui insultado por ter, apenas, uma opinião diferente da corrente predominante.

Cumprimentos.

 
Às 15/4/10 , Anonymous Anónimo disse...

Caro Anónimo de 15/4,

Não está sozinho. Pode haver muito boa gente que não reconheça os desmandos urbanísticos perpetrados em Sesimbra e que têm desfigurado a vila. Não é o meu caso. Até já dei comigo a pensar se Sesimbra não deveria constar da lista de candidatos às 7 ex maravilhas naturais de Portugal. Bem sei que o caso da Quarteira é mais grave, mas pelo andar da carruagem lá chegaremos também.

Cumprimentos.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada