ll

sexta-feira, julho 10, 2009

Sesimbra
Largo Luís de Camões.Luís de Camões sq.
[ clique para ampliar ]

20 Comentários:

Às 10/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Um dos principais transmissores de doenças

 
Às 10/7/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Suponho que seja mentira, mas o caro anónimo certamente que nos vai dizer quais são essas doenças que os pombos estão a transmitir...

 
Às 10/7/09 , Anonymous jc disse...

Quer-me parecer que um grande transmissor de doenças, está na cabeça deste anónimo.

 
Às 10/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Ratos com asas, como também são conhecidos

 
Às 11/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Doenças que podem ser transmitidas por pombos

Criptococose: micose profunda, cujo agente etiológico, Criptococus neoformans, tem afinidade pelo sistema nervoso central. Os sintomas são: febre, tosse, dor torácica, podendo ocorrer também cefaléia, sonolência, rigidez da nuca, acuidade visual diminuída, agitação, confusão mental. São transmitidas através da inalação de poeira contendo fezes de pombos contaminadas pelos agentes etiológicos
Histoplasmose: micose profunda, cujo agente etiológico, Histoplasma capsulatum, tem afinidade pelo sistema respiratório. Os sintomas que podem ocorrer variam desde uma infecção assintomática até febre, dor torácica, tosse, mal estar geral, debilidade, anemia, etc. São doenças oportunistas: o indivíduo pode ou não desenvolver a doença, dependendo de seu estado de saúde
Ornitose: doença infecciosa aguda, cujo agente etiológico, Chlamydia psittasi, tem afinidade pelo sistema respiratório superior e inferior. Os sintomas são: febre, cefaléia, mialgia, calafrios, tosse.
Salmonelose: doença infecciosa aguda, cujo agente etiológico, Salmonela typhimurium, tem afinidade pelo sistema digestivo. Alguns dos sintomas são: febre, diarréia, vômitos, dor abdominal. É transmitida através da ingestão de alimentos contaminados com fezes de pombos contendo o agente etiológico
Dermatites: são provocadas pela presença de ectoparasitas (ácaros) na pele, provenientes das aves ou de seus ninhos.

 
Às 11/7/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Bem me parecia: não tenho ideia de haver grande prevalência destas doenças. Se calhar são os pombos que não estão a desempenhar bem a sua missão...

 
Às 11/7/09 , Blogger José Luís Espada Feio disse...

erudições columbófilas, meu caro anónimo...

 
Às 11/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

No Largo Luís de Camões os pombos desempenham a sua função e muito bem pois, não há nada que não esteja debaixo da mira deles.
Nem os cães e gatos sujam tanto o Largo do Canino!

 
Às 11/7/09 , Blogger Ana disse...

Bonita fotografia.

Já uma vez fui mimoseada pelo "presente" dum pombo na manga do casaco.
Podia ser pior...
Estes, pelo menos, quando calham a largar a carga em cima de nós, fazem-no na mais completa inocência, ao contrário de muito político da nossa praça...

 
Às 11/7/09 , Blogger mendogas disse...

Pois eu mesmo lendo todas estas doenças possivelmente transmitidas pelos pombos digo.
Tenham cuidado mas é com o Homem,principalmente os que chegam do estrangeiro esses sim podem ser os principais trasmissores de algo mais grave que a Criptococose etc,etc.

 
Às 11/7/09 , Anonymous jc disse...

Pois...Sr. anónimo sabe a quantidade de doenças que nós,(Europeus ), levamos para o novo mundo na época dos descobrimentos?Pois... e lá também já existiam pombos !!!

 
Às 12/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

É curiosa a animosidade entre os comentadores deste post por causa desta praga voadora. Claro que o Aldeia adora contrariar qualquer opinião que vá contra a sua. O que me espanta é que já tem um escudo de protecção de comentadores muito pouco esclarecidos.
Infelizmente tivemos este ano a perca de um amigo muito querido por causa de uma doença provocada por um destes "ratos voadores".
Já ninguém tem paciência para estas teorias fundamentalistas e pouco fundamentadas de defesa dos animais.
Esclareçam-se e opinem depois!

 
Às 12/7/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Caro comentador, não perca a paciência com as ideias dos outros: ninguém tem o exclusivo da verdade. É preciso apenas que cada um exprima a sua opinião de forma educada. Há muitas maneiras de transmitir doenças, mas as medidas ultra-securitárias — como, por exemplo, isolar as crianças de todo e qualquer contacto potencialmente transmissor — parece ter efeitos ainda mais devastadores, evitando que o organismo desenvolva as defesas adequadas. O que é preciso é bom-senso, pense nisso antes de chamar fundamentalistas às pessoas que não chamam ratos aos pombos.

 
Às 12/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Os ratos tb sao animais saudáveis, ou então não estão a desempenhar bem a sua função

 
Às 12/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Sou frequentador deste Blog já algum tempo mas pela primeira vez descordo da opnião do autor.
Embora o anónimo exagere um pouco mas no fundo tem toda a razão.
Embora goste de pombos desde pequeno sofri na pele o facto de frequentárem a mesma rua que eu habitava, isto porque os Pombos têm uma carraça que provoca na epiderme uma alergia que por sua vez aparecem borbulhas, na altura quando me foi diagnosticado o médico disse-me que o Pombo embora seja uma ave querida mas muito prejudicial à saude dos humanos, inclusive contou-me que tinha tido uma doente criança que tinha morrido de meningite devido aos escurmentos dos pombos que havia em abundancia no pateo onde ela habitualmente brincava.
Temos até um caso recente de uma pessoa muito querida dos Sesimbreses o meu amigo Zé Carlos. ...não quero eu com a minha opnião abrir caça aos Pombos mas evitem-nos principalmente se estiverem com crianças.

Sesimbrense

 
Às 12/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Caros comentadores, não acredito que o esclarecido autor do blog, não tenha consciência de que os pombos podem efectivamente transmitir doenças. Quanto a mim acho que houve uma incorrecta interpretação da frase SUPONHO QUE SEJA MENTIRA, e por culpa do J.A.(que também não esclareceu). Creio que ele apenas se queria referir ao facto de os pombos serem um dos "PRINCIPAIS".

O OUTRO

 
Às 12/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Salmonelas e dermatites, são doenças com pouquíssima prevalência! Para além disso, são também completamente inofensivas!
Por favor!
Sr. Aldeia, espero não estar a ser mal educado.

 
Às 12/7/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

O que escrevi, está escrito, qualque um pode reler, não preciso de voltar a repetir. Deixemos que cada um leia e forme a sua opinião. Não responderei aos exaltados: contentem-se com os vossos pontos de exclamação. Não disse que os pombos não transmitem doenças: até as pessoas transmitem doenças. Mas não me convenceram de que os pombos devem ser tratados como os ratos comuns. Conheço quem defenda a exterminação dos pombos, é uma opinião. Há certamente medidas de higiene mais importantes a promover.
O debate fica por aqui.

 
Às 13/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Sou frequentadora do seu blog que me serve para "matar" saudades da terra onde cresci, pois embora viva distante à cerca de 13 anos tenho em Sesimbra a minha família. Polémicas à parte, esta foto fez-me lembrar bons momentos passados aos Domingos à tarde, quando os meus pais iam beber a "bica" ao Central e eu e o meu irmão alimentávamos os Pombos que viviam nas árvores frente ao Grémio.
Parabéns pelo blog.

 
Às 14/7/09 , Anonymous Anónimo disse...

Por favor tenham calma.
Tudo o que existe de vida neste planeta é belo quando não é em demasiada quantidade. Veja-se por exemplo o caso da espécie humana que parasita o planeta até a exaustão, mesmo sendo a espécie mais inteligente que o habita.
Por isso deixo a recomendação a todos, para quem não tem NatGeo ou outro similar vejam o Canal 2 na hora da novela e vão perceber as minhas palavras. Se aindar tiverem um pouco de tempo visitem o sitio http://pt.wikipedia.org/wiki/Pombo para memória futura, pois estamos a beira do ponto de não retorno ou seja extinção da maior parte das espécies que conhecemos. Peço desculpa se fui enfadonho com o desabafo.
Sr. Aldeia obrigada pelas fotografias mas como em tudo a pessoas tem alguma dificuldade em usar a liberdade, por isso ofende-se e usam o anonimato para esconder toda raiva acumulada, e isso afasta os mais moderados do seu blogue. Um Bem Haja para todos e desfrutem o mais possível da nossa natureza pois nas próximas décadas serão o que nós quisermos.

Nuno

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada