ll

quinta-feira, junho 11, 2009

Sesimbra
Dia de praia.Sunny Day.
[ clique para ampliar ]

17 Comentários:

Às 11/6/09 , Blogger Steffe disse...

Looks like a perfect day for a few hours at the beach.

 
Às 11/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Grande dia de praia, com uma água espectacular.

 
Às 12/6/09 , Blogger Ana D. disse...

Pois nestes dias assim, nada como ir até ao Meco ou então carregar a carrinha e ir até Melides ~_^ Bom fim-de-semana*

 
Às 12/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Quando o estado do mar permite que se tomem umas banhocas, em segurança, não há nada como o Meco.

 
Às 12/6/09 , Anonymous LCPinto disse...

Estive a observar esta imagem, como nunca tivesse conhecido este sítio. A serra e a vegetação são magníficas e deveriam ser intocáveis. Agora que os construtores e promotores turísticos estão entrar em força, penso que as contrapartidas e mais-valias para Sesimbra deveriam ser bem altas. O pontão que está em frente ao Hotel do Mar devia ser optimizado, electrificado com candeeiros artisticos à semelhança dos antigos "nabos", os fios que se vêem em primeiro plano e que ligam os megafones , deveriam desaparecer e serem criadas infraestruturas no subsolo...provávelmente os vereadores responsáveis pelos pelouros tem planos...penso eu!

 
Às 13/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

meco vais ao banho 2 vezes por ano, quando o vento tá de folga

 
Às 14/6/09 , Blogger mendogas disse...

Esta foto meus amigos,lá bem no fundo mostra-nos no meu entender uma questão a discutir "no bom sentido da palavra"
Estou a falar do 2º pontão.
Não consigo perceber porque é que ao não haver estacionamento na Vila nós ao estacionar-mos na doca a cerca de 100 metros da praia
temos de fazer quase 1000mtrs ou arriscar a queda na agua,ou pior nas rochas devido á vedação que divide ambas as partes!
Eu vou falar por mim arrisco mas no Domingo passado vi com os meus olhos um pai e uma filha lá se magoarem.
Alguem me explica o porque da vedação?
Agradecia

 
Às 16/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Basta olhar em volta e logo se percebe o porquê da vedação.
Uma caminhada de 1000 mt só faz bem. Bons banhos.

 
Às 16/6/09 , Blogger mendogas disse...

Pois os 1000 mtr só fazem bem,concordo!
Mas vejamos os passeios são extraordinários a estrada de uma largura impressionante,e é que nem há carros estacionados de um lado da estrada.
Meu amigo com um pouquinho de sorte talves não seja atropelado antes dos banhos!
Háááá esqueci.
Pode sempre vir por cima do muro a altura até não é muita se cair não se deve magoar!!

 
Às 17/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Mendogas então não sabes que a vedação delimita o Porto e a zona do estaleiro, as pessoas não têm que passar pela vedação, ela existe com essa finalidade.
Lembras-te quando eras pescador e o barco ia para reparação, existe sempre perigos inerentes a um estaleiro. Não é razoável fazer-se passagem de banhistas naquela zona.

Sesimbrense

 
Às 17/6/09 , Blogger mendogas disse...

Tambem concordo e sei dos perigos que ali existem.
Mas são mais acentuados com o estaleiro a trabalhar
E normalmente o movimento maior é no fim de semana!
Ora se no principio da vedação ou seja junto ao final das escadas abrissem uma passagem as pessoas não corriam tantos perigos como correm ao virem pela estrada passavam pelo topo do estaleiro
ou seja rente ao muro.
Ou então fechavam os portões do estaleiro e ai já nimguem corria perigo "nenhum"pelo menos deste lado!

 
Às 17/6/09 , Blogger mendogas disse...

Hááááá
Esqueci de falar na alternativa que foi dada ás pessoas que estacionam no porto
O VAI-VEM onde é que anda?
Aquilo era muito bom quando as pessoas chegavam á praia estava na hora de ir embora!

 
Às 17/6/09 , Anonymous LCPinto disse...

Tenho estado a "aconchegar o pé no travão", mas não consigo resistir. Umas vezes sou condutor outras peão, não posso deixar de estar do lado do Mendogas, por esse país fora não há "cão nem gato" que não tenha zonas pedonais condignas. Será que em Sesimbra ainda não descobriram essa "novidade"?
Bem se justificava um estudo sério de zonas pedonais em algumas áreas da Marginal desde a Nascente até Poente.

 
Às 18/6/09 , Anonymous marta disse...

Entao boa tarde, eu sou condutora...trabalho na vila, mas como tantos moro no campo. Num destes dias ha noite resolvi vir a sesimbra, e como ja eram 20horas resolvi estacionar em frente a junta de freguesia, onde estao semmmmmmmpre muitos carros, passado 5 minutos qual nao foi o meu espanto ja estava a ser multada, e sabem porque? porque era dia de semana... perguntei porque estava a ser autuada e o senhor agente disse-me que tinha ordens da camara municipal de sesimbra para multar aos dias de semana, voltei a dizer que havia carros piores estacionados que o meu e ele disse que ao fim de semana a terra necessita de turistas portanto ao fim de semana nao multam. Havia carros em cima da passadeira esses estavam bem e o meu que estava em cima da linha amarela ( eu sei que tambem nao estava bem) e que estava mal

 
Às 18/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Sim é verdade, ao fim de semana a Av. dos Naufragos (Marginal) é vergonhoso ver os carros estacionados ao longo do muro condicionando todo o transito.
Já telefonei para a GNR e acabam por ignorar.

 
Às 18/6/09 , Anonymous marta disse...

Pois é e nós que trabalhamos e moramos na vila é que pagamos...e isto agora nao é nada, preparem-se porque vem ai o verao.

 
Às 18/6/09 , Blogger mili disse...

Que saudades das minhas férias em Sesimbra! Quando agora vamos a Sesimbra, uma vez por outra e por algumas horas,só aumenta a saudade de quando passava férias todo o mês de Setembro; uma das coisas que adorava, era ir à tardinha para a praia, e ficar até o Sol desaparecer...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada