ll

quarta-feira, junho 03, 2009

Sesimbra
Aiola, uma criação sesimbrense: um barco único, adaptado a estas águas atlânticas mas de características mediterrânicas. Note-se o complexo desenvolvimento do casco, que lhe permite ser muito hidrodinâmico e, ao mesmo tempo, ter uma "barriguinha" que proporciona um espaço interior generoso.Aiola, a fishing boat created in Sesimbra, adapted to these unique mediterranean-like Atlantic waters.
[ clique para ampliar ]

9 Comentários:

Às 3/6/09 , Blogger mendogas disse...

Parabêns esta foto está espectacular!
A nossa Aiola é muito nossa,existe em Setubal parecida com a nossa mas há muitas diferenças.

 
Às 4/6/09 , Blogger mili disse...

Dá gosto ler estas explicações.
Gosto muito da foto.
Obrigada

 
Às 4/6/09 , Blogger Ana D. disse...

"barriguita" ^_^ e está tudo dito e explicado!
Bela foto *****

 
Às 4/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Em Sagres, por exemplo, os pescadores também utilizam barcos que me parecem iguais a este. Ou será que estou enganado?

 
Às 4/6/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Encontram-se aiolas no Algarve, tal como em Setúbal, que as mandavam construir em Sesimbra. Também já vi algumas em Setúbal, mas tão mal construídas que creio serem cópias: seria impossível construirem tais coisas em Sesimbra. Por outro lado, é muito frequente confundirem-se botes (que há por toda a costa portuguesa, e também em Sesimbra) com aiolas.

O recente advento de barcos de fibra para a pesca parece ter condenado as aiolas como barcos de pesca.

 
Às 4/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Belíssima foto!
Já está no meu desktop.
Aliás, as fotos de Sesimbra, que eu retiro deste blog e as aplico no meu desktop são, sempre, motivo de agradáveis comentários, aqui na empresa.
Que me perdoe o autor pelo meu egoísmo mas, a verdade, até à data ainda não revelei a "fonte" das mesmas.

Obrigada
Helena Vidal

 
Às 4/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Se calhar estou a confundir aiola com bote. O que distingue então uma aiola de um bote ?

 
Às 4/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Meus Senhores, ou Senhoras em SESIMBRA, existe 3 diferente tipos ( Aiola ) ( Bote ) and (Chata ), o meu pai, chegou a ter 3 chatas , sao todas 3 diferentes, a chata e a maior das 3, depois segue-se o bote, e depois aiola. Obrigada

 
Às 5/6/09 , Anonymous Anónimo disse...

Eu diria que é mesmo uma embarcação excepcional, exclusiva.
Quem trabalha e navega(com mar altroso ou chão) nela certamente tem esta opinião.Tendo em atenção "peso conta e medida",na nossa frota tambem há algumas que parecem mais uns sapatos.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada