ll

segunda-feira, fevereiro 16, 2009

Sesimbra
Acampamento da Mocidade Portuguesa no Muxito (Seixal). Eu estou à esquerda. Não foi bem um acampamento porque dormimos nos alojamentos do aldeamento turístico, que ainda hoje lá existem, abandonados (ver foto). É fácil de compreender que uma organização que, nos anos 60, obrigava os filiados adolescentes a andar de calções, estaria condenada ao fracasso. Camping of the youth organization Mocidade Portuguesa in the early sixties (I'm on the left). Being in secondary school, membership was mandatory. If you understand the sixties, you know that an organization compelling you to march in shorts, was doomed to failure.
[ clique para ampliar ]

5 Comentários:

Às 17/2/09 , Anonymous Anónimo disse...

Estes meninos estavam muito longe da política.
Eram obrigados a pertencer à Mocidade Portuguesa, se para uns era detestável para outros era a única forma de praticar uma série de actividades: campismo, equitação, remo, teatro, música, mergulho, etc., Fora isso, também criou cantinas, assistência social. Havia coisas boas e coisas más, assim como hoje.

 
Às 18/2/09 , Blogger a_admiradora disse...

olá João
Como disse o anonimo a mocidade não eram só coisas más. Tivemos um ministro no governo do Mario Soares natural de Sesimbra que foi com o auxilio da mocidade portuguesa que estudou.
Quanto aos calções o João deverá ver uma serie da rtp1 que passa aos domingos "conta-me como foi" que retrata a epoca dos anos 60, os meninos andam de calções mesmo no inverno e as meninas não vestiam calças.
Quando vejo esta serie lembro me como foi boa a minha infancia como eramos livres comparando com os tempos de hoje.
O Muxito era para mim o melhor dia do verão. Todos os anos no verão saimos de Sesimbra e iamos passar o dia ao Muxito, hum...que saudades
aquela piscina que eu achava enorme, a prancha, os mergulhos.
Ainda bem que me recorda dias bons

 
Às 18/2/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Este curto período em que estive na MP foi desagradável para mim, pelas seguintes razões: desfiles intermináveis todos sábados de tarde no pátio da escola. Ora eu tinha bastante mais que fazer: jogos na rua, papagaios de papel, fisgas, barquinhos de cortiça, pescar, etc.
Outra contrariedade eram os calções: já naquela idade queriamos era usar calças.
No entanto, este acampamento no Muxito e um outro em Faro, foram bons momentos que recordo com saudade.

 
Às 19/2/09 , Blogger GarFFinha disse...

João, quem é q está no meio??

Cumprimentos

Leonor Cagica

 
Às 19/2/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Que me lembre, não é ninguém de Sesimbra, e também já não recordo dos nomes.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada