ll

segunda-feira, janeiro 19, 2009

Sesimbra
[ clique para ampliar ]
José Braz Roquette, o novo veleiro do Clube Naval de Sesimbra, cujo baptismo teve lugar no passado dia 17 de Janeiro. O nome da nova embarcação, destinada ao ensino da vela, é uma homenagem ao antigo Presidente de Câmara e fundador do Clube Naval.A new sailing boat in Sesimbra: José Braz Roquette, a tribute to the fomer Mayor and founder of the Naval Club of Sesimbra. Note the ceremonial bottle of Champagne at the bow: lots of fish waiting below.

25 Comentários:

Às 19/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Um clube rico, ou um rico clube.

 
Às 19/1/09 , Blogger joao madail veiga disse...

Era agora altura do Clube Naval de Sesimbra receber melhor os navegadores de outras paragens que por lá arribam.....

 
Às 20/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Recuperar as barcas de Sesimbra, ai o CNS tem todo o meu apoio...agora comprar veleiros (que custam uma fortuna), e a Camara, vai continuar a apoiar financeiramente um Clube de ricos?

 
Às 20/1/09 , Blogger Babooshka disse...

I'd very much like that boat.

 
Às 20/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Não se esqueçam que esses ricos também deixam cá muita riqueza no nosso comércio e movimentam outros serviços que também são fonte de riqueza para o concelho.

 
Às 20/1/09 , Anonymous CMP disse...

Clube Rico???? Só mesmo as vozes invejosas e alcoviteiras de Sesimbra é que podem dizer isto!!!

O Barco custou cerca de € 15.000 (uns míseros 3000 contos) que significam secalhar dez vezes mais em investimento...vai servir para ensinar centenas de pessoas a velejarem pelos mares de Sesimbra... Vai trazer pessoas de fora para Sesimbra, que vão gastar o seu dinheiro por estas bandas...

Concordo plenamente com o que diz o Sr João Madail Veiga...é hora de mudar a cara da recepção do CNS, despedir as funcionárias malcriadas e incompetentes, contratar pessoas com o minimo de educação e que saibam bem receber os velejadores que (ainda) estão dispostos a vir a Sesimbra para poder usufruiur da nossa costa maravilhosa...e também ficar por aqui e consequentemente ajudar ao desenvolvimento económico da vila!!! Sesimbra já não é uma vila piscatória, é uma vila turistica que tem de dar uma volta bem grande na sua arte de receber as pessoas e proporcionar turismo de qualidade... Bons ventos, seja neste ou noutro barco

 
Às 20/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Querem ver que o CMP quer fechar a lota para fazer um armazém de recolha de barcos de recreio. O que é isso de Sesimbra não ser uma vila pescatória? Tá doido concerteza.

 
Às 20/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Ou então não sabe aquilo que está a dizer...

 
Às 20/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

É bom que os ricos venham para Sesimbra nisso estamos de acordo, agora apoios da Camara para um clube que devia ser autossoficiente...acho que os ricos não deixaram de pagar as altissimas cotas que o Clube cobra.
Então sou eu com os meus impostos camararios que vou sustentar os momentos de lazer dos associados do CNS?

 
Às 20/1/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Em 2008 foram descarregadas na lota de Sesimbra 15 mil toneladas de peixe: ao nível dos melhores anos da pesca da vila (e os anos 60 e 70 nunca sequer se aproximaram deste valor — nos melhores anos, apenas 10 mil toneladas). Realmente é uma boa pergunta: o que é isso de Sesimbra não ser uma vila piscatória?

E Sesimbra é uma vila turística? Sim, mas já o é há muitas décadas, há tanto tempo que já ninguém sabe bem quando começou. Não vinham os "Meninos de Palhavã" (filhos bastardos de D. João V, séc. 18) passar as suas férias na Fortaleza?

Estas afirmações (Sesimbra é "isto", Sesimbra já não é "aquilo") são um bocadinho ridículas. Sesimbra é o que é, sempre em mudança, adaptando-se aos tempos, e sempre fiel à sua cultura ancestral. Porque quem faz a terra e quem faz as mudanças são as pessoas, todas as pessoas, no seu dia a dia, não é mais ninguém.

Sugestões para melhorar, são bem-vindas, mas por favor não coloquem rótulos que isso não faz muito sentido.

 
Às 20/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

"Em 2008 foram descarregadas na lota de Sesimbra 15 mil toneladas de peixe: ao nível dos melhores anos da pesca da vila (e os anos 60 e 70 nunca sequer se aproximaram deste valor — nos melhores anos, apenas 10 mil toneladas)"

Afinal o mar de Sesimbra é hoje mais rico do que há 40 anos atrás, mesmo sem peixe-espada branco, chaputas, albacoras e espadartes. E esta, hein ?

 
Às 20/1/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Eu não escrevi que o mar de Sesimbra está mais rico: isso é uma frase sua. Infelizmente as espécies mais valiosas desapareceram, foi uma diversidade biológica que se perdeu. Mas em quantidade pescada, a lota de Sesimbra está assim. Foi só isso que escrevi, e é importante que se saiba porque há muitos que pensam que a pesca está desaparecer: e pensam-no porque alguém andou a espalhar essa ideia, alguém do género que troca "alhos" por "bugalhos".

 
Às 20/1/09 , Blogger joao madail veiga disse...

Por duas vezes arribei a Sesimbra no NVV Veronique, uma delas vindo de Sines, depois de uma nortada rija, as ultimas 5 milhas em três horas.
E, Sesimbra, que com Aveiro, Viana e Setubal são as 'minhas terras', na pessoa impessoal do CNSesimbra, recebeu-me como se recebe um intruso.
Não é por isso que gosto menos de Sesimbra, distingo a arvore da floresta e, mais não digo, um destes fim de samana lá me terão.

 
Às 21/1/09 , Anonymous CMP disse...

Gostava de saber se esses números de descarregamento de peixe são fidedignos... onde os recolheu?? Talvez hajam outra informaçõers de igual interesse!!!

Se a pesca está tão bem em sesimbra porquê o avultado número de traineiras para abate...?

Não hajam confusões...acho que Sesimbra está muito bem como está...ou seja, não gostava de ver sesimbra transformada numa Cascais da margem sul... porque a originalidade de sesimbra merece muito mais que isso...merece ser sempre fiel a si mesma... mas estava na altura de se tratar melhor os navegadores de recreio que escolhem sesimbra...deixar de lado expressões como "regalistas" e outras afins!!! O mar deve servir todos os que assim entendam...seja para fins profissionais , ou para fins de lazer...

Tal como há pessoas que vêm a este blog defender os profissionais da pesca, venho eu defender as pessoas que gostam do mar para se divertirem...

e...não...não quero fechar a lota...porque ficava eu e todas as pessoas que vão a sesimbra sem sitio para comprar o peixe, e pior, retirava centenas de postos de trabalho directos e alguns milhares de indirectos...haja respeito pelas minhas intenções Srs. anónimos!!!

Quanto aos apoios camarários ao CNS...acho muitíssimo bem... ou não é um clube da terra que tem como objectivo (entre outros) promover sesimbra, o seu mar e as suas gentes???? O CNS não é rico...atentem bem quanto tem de pagar mensalmente aá APSS pela renda do espaço a nado dos barcos (marina)... é BEM MAIS do que 50% do que lhes rende a marina!!!

Não acham que estava na altura de nos juntarmos todos e exigiir o mar de sesimbra para as pessoas que a ele têm direito e aptência???

Talvez se os homens do mar (pescadores e nautas em geral ) se juntassem se conseguissem melhores condições para todos... ou acham que uns "fingers" com h2o e electricidade para os barcos de pesca são absurdos???

Não é altura de guerrear, mas talvez de reflectir para actuar...

Continuação de bons ventos e mares mais serenos dos que a meteo anuncia...

Fico contente por saber que há pessoas que ainda gostam a sério do mar de sesimbra...

 
Às 21/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

O CMP é que disse qque Sesimbra já não é uma Vila pescatória. De qualquer forma fico contente por ter admitido o erro.

 
Às 21/1/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Os dados estatísticos são fornecidos pela Docapesca e são publicados todos os meses n'O Sesimbrense, pelo que qualquer pessoa podia ter feito estas contas (com excepção dos dados de Dezembro, que só serão publicados no fim do mês).

Estes dados serão mais tarde publicados pelo INE, e só então serão considerados definitivos, mas então aparecem somados aos dados de pequenas lotas como Trafaria e Barreiro, que estatisticamente se integram nas pescas de Sesimbra.

 
Às 21/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Hó Babooshka tambem o L A.

 
Às 22/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Caro CPM, pelas suas intervenções ifelizes calculo que esteja caduco, isto porque quem fala em "UNS MÍSEROS 15000€" parece-me que, ou é muito rico, ou não dá valor ao dinheiro o que para mim é lamentável.
Diz ainda que "SESIMBRA JÁ NÃO É UMA VILA PISCATÓRIA", e eu pergunto se sabe onde fica Sesimbra, e se alguma vez foi á Lota, sendo voce velejador(?) já constatou que durante uma semana existe muito mais movimento piscatório do que de recreio.
Você é daqueles que pensa que Sesimbra já é uma vila turistica, eu bem Vejo as centenas de turistas todos os dias a passearem, e os Hoteis esgotados principalmente as Vilas de Sesimbra.O turismo em Sesimbra infelismente são só 2 meses de verão.
Enquanto a pesca emprega 900 px a industria hoteleira nem metade.
Como se diz velejador e dizque "O AVULTADO NUMERO DE TRAINEIRAS PARA ABATE" volte-lhe a perguntar se sabe o que é uma traineira, e digo-lhe que em Sesimbra só em 1996 uma Traineira foi abatida, mas porque estava velha e foi construida uma nova.Digo-lhe ainda que dá mais emprego uma traineira ou um barco da pesca Artesanal do que o CNS todo.

Sr. ou Sra. CMP não pense que com a minha intervenção esteja-lhe a passar um atestado de ignorancia, apenas quiz recteficar o seu desconhecimento profundo em relação a esta querida Vila piscatória que eu nasci e habito com um imenso prazer.

 
Às 22/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Esse senhor que diz que 3000 contos não é dinheiro relevante ele que de à A.N.A.R.E.Z.E. que são na sua maioria pessoas de sesimbra que gostam de recreio mas foram descriminadas pelo clube naval porque os seus barcos não dignificavam a marina, a como não tinha recursos financeiros foram obrigados a fundear os seus barcos junto ás rochas do puntão.

 
Às 22/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

No dia em que a ANARESE decidir investir noutra modalidade que não a pesca despodtiva, concertez perceberá que 15000 euros são míseros para o que podem vir a ganhar. Enfim... Regras básicas de economia que esses srs que criticam o investimento do cns desconhecem...! Estou de acordo com o CMP quando ele/ela diz que sesimbra está a deixar a pesca morrer. E se não há mais turistas a passear em sesimbra a culpa e dos sesimbrenses!

 
Às 22/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

No dia em que a ANARESE decidir investir noutra modalidade que não a pesca despodtiva, concertez perceberá que 15000 euros são míseros para o que podem vir a ganhar. Enfim... Regras básicas de economia que esses srs que criticam o investimento do cns desconhecem...! Estou de acordo com o CMP quando ele/ela diz que sesimbra está a deixar a pesca morrer. E se não há mais turistas a passear em sesimbra a culpa e dos sesimbrenses!

 
Às 22/1/09 , Anonymous Anónimo disse...

Mais um anónimo que infelismente não conhece Sesimbra e muito menos os Sesimbrenses.
O problema na pesca é só a mão de obra ,porque quanto à viabilidade das empresas recomenda-se e os numeros podem comprovar.
Sugiro ao anónimo que no caminho para a marina olhe para o seu lado esquerdo, pode constactar que existe uma Lota com armazens de retalhistas e barcosa descarregarem pescado.
Não sei se é vegetariano, mas enquanto houver consumidores de peixe haverá pesca, e se algum dia a pesca morrer os restaurantes de Sesimbra e o turismo vão perder.
Sugiro que coma peixe de viveiro,... pode ser que um dia destes apareça a gripe dos peixes ou os peixes loucos.

 
Às 23/1/09 , Anonymous CMP disse...

Caro J. A. Aldeia, vou olhar com atenção para os números que referiu por mera curiosidade... Mas não teremos de levar em conta que nas idas décadas de 60 e 70 as bocas que necessitaqvam de ser alimentadas eram cerca de metade? E que hoje em dia o acesso a outros alimentos é completamenter diferente do que havia na altura e por isso a população de Sesimbra alimentava-se maioritariamente de peixe???

Curiosidades, como digo, que são dignas de um estudo sociológico...

Feitas as contas revejo a minha posição e afirmo que a pesca ainda faz parte activa da vida de Sesimbra...mas por qwuanto tempo???

Cumprimentos

 
Às 23/1/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

A ideia de que a pesca em Sesimbra está a desaparecer espalhou-se nos últimos anos, mesmo na própria vila, com políticos locais a afirmá-lo, e até mesmo dirigentes sindicais. É claro que há aspectos em que o nosso sector das pescas piorou: desaparecimento de espécies valiosas da nossa costa e diminuição do número de pescadores, por exemplo. Mas há outros aspectos positivos: barcos melhor equipados, nomeadamente com equipamento de navegação e detecção, e melhorias na organização, de tal forma que pescar a mesma tonelagem com 1/4 dos pescadores significa que a produtividade da pesca de Sesimbra (isto é, a tonelada capturada por pescador) cresceu de modo impressionante, talvez como nenhum outro sector económico português.

Mas essa tal ideia de que a pesca de Sesimbra desapareceu ou vai desaparecer tem muita força. Fui eu quem, no ano passado, numa conferência na Capela do Espírito Santo, contrariei essa ideia, com estatísticas e outros elementos, para espanto de muita gente que lá estava; depois também o escrevi num artigo do jornal O Sesimbrense. Já começo a ouvir uma ou outra pessoa a mudar de opinião, mas ainda há ainda quem não queira acreditar. Ainda há pouco tempo escreveram aqui no blog que foi um erro ter feito o Porto de Abrigo, como se ele estivesse actualmente às moscas.

Caro CPM: pergunta-me se «não teremos de levar em conta que nas idas décadas de 60 e 70 as bocas que necessitavam de ser alimentadas eram cerca de metade»
Penso que se refere à Vila, ou ao Concelho, mas Sesimbra, desde há séculos, é uma vila exportadora de peixe. Cito-lhe a Descripção do Reino de Portugal, de Duarte Nunes de Leão, 1610:

«No mesmo mar de Setúbal e no de Cezimbra sua vizinha, há a mais sardinha e mais saborosa que se pode dar: a qual além de sustentar o reino, se leva por mar a outras partes, & por terra ao reino de Castela para onde sai grande carregação até à corte de Madrid.»

 
Às 23/1/09 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Nota: na citação anterior, a expressão
«há a mais sardinha e mais saborosa que se pode dar»
está correctamente transcrita, e significa, numa formulação mais actual:
"naqueles mares há sardinha na maior abundância e com o melhor sabor que se pode encontrar".

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada