ll

domingo, dezembro 14, 2008

Sesimbra
[ clique para ampliar ]
Teatro pelo agrupamento Bota no Rego, ontem, no cine-teatro João Mota: uma fábula moral em defesa do AmbienteA theatre play by the group Bota no Rego, yesterday at the Sesimbra Theatre: a moral fable for de protection of the Environment.

10 Comentários:

Às 15/12/08 , Anonymous Anónimo disse...

Grande Bota!.......Cheio de vontade de fazer coisas.
Boa foto João

Maria

 
Às 15/12/08 , Blogger Swt disse...

E não é que esta fábula me dava jeito para a matéria que estou a dar...!

 
Às 16/12/08 , Anonymous Anónimo disse...

Secalhar existem outras associações com a mesma vontade de fazr iniciativas mas Câmara só olha para onde quer. E como tão sempre com festinhas com vereadores...não vale apena dizer nada

 
Às 16/12/08 , Blogger Joana disse...

Há que mostrar que as associações que se mostram sobretudo no Carnaval, não aparecem só no Carnaval!

Parabéns ao Bota no Rego!

já agora: a festa do Bota foi no dia 13, no dia 14 foi a festa de Natal da Catequese da nossa Paróquia, que obviamente também está de parabéns pelo trabalho feito!

 
Às 16/12/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Ao anónimo que diz que " existem outras associações com a mesma vontade": se tem algum exemplo concreto, diga. Se não tem, não devia ter lançado essa insinuação.

Joana: se tiver uma foto dessa festa, envie que será aqui publicada.

 
Às 16/12/08 , Blogger Joana disse...

João Aldeia, não tenho nenhuma foto (pois também estava em cima do palco), mas com certeza se arranjar alguma, enviar-lha-ei.

Aproveito por o felicitar pelo blog, continuação! :)

 
Às 19/12/08 , Anonymous Anónimo disse...

Sempre a mesma desculpa.. "existe outras associações que querem fazer ...e a câmara e tal...." ainda bem, e se fôr possivel o Bota ajuda.
Agora, falar.... só falar...?
O Bota fez-lhe algum mal para vir escrever dessa maneira? Crie um blog e fal mal do que acha!!O Bota teve esta e outras iniciativas gratuitas, aliás ainda perde dinheiro com elas, e mesmo assim contribui com cultura para a vila, comida para os desfavorecidos e orgulho para os nossos olhos.
Bem hajam, continuem assim, mesmo sem ajuda monetária de ninguem.

 
Às 31/12/08 , Anonymous Anónimo disse...

quando maior é a altura maior é a queda.

 
Às 8/1/09 , Blogger Joana disse...

Bom dia Sr. João Aldeia.

Já tenho algumas fotos da festa de Natal da Catequese.

Se ainda estiver interessado indique-me o mail para onde o posso enviar, sff.

Cumprimentos,

Joana Silva

 
Às 9/2/09 , Anonymous Anónimo disse...

Obrigado aos que felicitaram o Bota e ao João que publicou o evento. Aos sempre mal dispostos e prontos a dizer mal!....lamento, lamento por serem pessoas sem iniciativas, pois se as tivessem de certo que já as teriam posto em prática. Experimentem!... se tiverem ideias falem com a Câmara, as associações. Façam propostas concretas e criativas, se não as conseguirem colocar em prática é porque não se esforçaram o suficiente.
Nota importante....dá trabalho e quase sempre gasta-se dinheiro do nosso bolso, utiliza-se materiais da nossa casa, pede-se ajuda aos amigos que sempre colaboram quando se faz as coisas com amor e com garra.
Outra nota importante em resposta ao anónimo que acha que o Bota sobe alto e pode cair...ainda bem que há alguem a subir, a crescer, não podemos ser pequeninos toda a vida. Também não é novidade, o Bota sempre levou adiante os projectos que idealiza, felizmente que temos à frente da nossa escola pessoas competentes com vontade de concretizar e sócios sempre com vontade de participar.
Àqueles que não gostam!...temos pena.

MariaJ

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada