ll

quinta-feira, outubro 02, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ clique para ampliar ]
Rua sem carros.Carless street.

11 Comentários:

Às 3/10/08 , Blogger Tanya disse...

Looks like a little street out of Pirates of the Carribean...I like it!

 
Às 3/10/08 , Blogger jill disse...

Such warmth in your photo of a lovely street. Very nice.

 
Às 3/10/08 , Blogger Ana disse...

Que bom*

 
Às 3/10/08 , Anonymous Anónimo disse...

Nao sei o nome da rua mas será a rua que vai do caninho ao rest. do leão, ao pé da antiga praça?

 
Às 3/10/08 , Anonymous Raul Ribeiro disse...

Ao olhar para o lado esquerdo do princípio da rua lembrei-me da Julieta e da irmã que faleceram muito novas com doença perlongada.
De três irmãs escapou, felizmente, a esposa do nosso amigo Lucindo Farinha.

 
Às 3/10/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

é essa mesma: rua de S. João

 
Às 3/10/08 , Anonymous Anónimo disse...

É uma das poucas ruas sem carros, felizmente, porque Sesimbra está transformada numa machucha desgraçada, com um trânsito caótico resultante de opções duvidosas e de alterações que algumas mentes brilhantes fazem dia sim dia não.
É a melhor imagem do estilo e da qualidade desta governação camarária.

 
Às 3/10/08 , Anonymous Anónimo disse...

O trânsito em Sesimbra sempre foi caótico, com esta ou com outra qualquer Câmara. E sempre vai ser caótico, porque apesar de muitas vozes reclamarem, também desde sempre, porque reclamam à vez, sempre que não estão na presidência, o que é certo é que a nossa Piscosa satisfaz e atrai cada vez mais pessoas, que pelos vistos não se incomodam muito com o trânsito. Que apesar de tudo circula, não se pode é reclamar sempre que se para um minuto.

 
Às 4/10/08 , Anonymous Anónimo disse...

" ..Sesimbra atrai cada vez mais pessoas...." Só se for para os lados da sua porta! Cheira-me a apoiante do PCP....

 
Às 4/10/08 , Anonymous Anónimo disse...

"a nossa Piscosa satisfaz e atrai cada vez mais pessoas" deves ser muito novo não te deves de lembrar de Sesimbra dos anos 80 em que estava completamente cheia de pessoas .Era o parque de campismo o campo do GDS os hoteis estava tudo cheio;estragaram tudo agoram choram em leite derramado é tipico muito tipico mas em Sesimbra é tudo normal porque a terra é para os filhos de Sesimbra "orgulhosamente sós" ,continuem convencidos porque a luz ao fim do tunel cada vez esta mais perto

 
Às 8/10/08 , Anonymous Anónimo disse...

Tenho a dizer, que na realidade, muitas pessoas que costumavam passar férias em Sesimbra quando eram crianças, deixaram de gostar de ir a Sesimbra pela confusão do trânsito e de não terem onde estacionar. Mas também é verdade, muita gente parece querer levar o carro para a praia. Quanto ao parar 1 minuto não é bem assim, porque num Domingo deste verão tive 40 minutos para ir da Marginal até ao Estacionamento do SPA Hotel (percurso relativamente curto)!!! Em relação ao trânsito, não é muito boa opção ter artérias principais da Vila com apenas 1 sentido, é o suficiente para ao ocorrer algum incidente parar a Vila toda, tal como aconteceu recentemente que um carro parou porque com o vento levou com a tabeleta do retaurante Delfim, e o trânsito parou todo: Rua Cândido dos Reis, Marginal até ao Ribamar, já para não falar das ruas que vêm dar a estas... Enfim, mas também acredito que volte a mudar, tem de se fazer a experiência até encontrar a melhor solução.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada