ll

terça-feira, junho 03, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ clique para ampliar ]
Pequeno almoço em campanha: miúdos de visita ao cineteatro, tomam uma refeição ligeira enquanto aguardam pelo início do espectáculo, no âmbito da IV Mostra de Teatro Escolar.Breakfast on the way to the theater: kids take a snack, while waiting for the School Theater Show.

7 Comentários:

Às 3/6/08 , Blogger Denton disse...

The kids should be congratulated for making such healthy food choices. And I suspect their mothers should be congratulated as well.

 
Às 4/6/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

You are right, Denton. I think it was the Municipality who choosed the meals.

 
Às 4/6/08 , Blogger Ana D. disse...

As minhas lá foram:)

 
Às 4/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Sr. JA
Não tem receio de publicar fotos de crianças sem a autorizaqção devida? È que se algum dia fotografar os meus vai haver problema..
(Aviso sem ofensa)

 
Às 4/6/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Sr. anónimo: não.

 
Às 6/6/08 , Anonymous Anónimo disse...

Esse anonimo é tão pequenino que nem devia ter direito a resposta

 
Às 6/6/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Ainda que o comentário do anónimo do dia 4/6/2008 pareça ter um tom ameaçador, não é totalmente descabido. Cada pessoa tem direito a não autorizar que o fotografem e, no caso de crianças, esse direito só pode ser assegurado pelos pais. Por isso lhe respondi, e se não desenvolvi mais a resposta foi porque achei que o tom da pergunta não o justificava, mas também não foi ofensivo e até acentuou esse aspecto.

Já em tempos escrevi sobre o facto de não se poder andar a pedir autorização a toda a gente que é apanhada numa fotografia de rua, ou de um espectáculo, etc.

É necessário ter algum bom senso e compreesão pela opinião de cada um, e também pelo fotógrafo. Por mim, se alguém solicitar que retire do blog uma foto onde essa pessoa apareça, ou um filho, fa-lo-ei imediatamente, por causa do direito que referi acima. Dum modo geral, peço autorização para tirar fotos, mas há situações em que tal não é possível. De qualquer modo,não ando a tirar fotografias às escondidas.

Nos últimos tempos tenho tentado fazer uma espécie de reportagem sobre o dia a dia da vila, através de imagens com pessoas de diversas idades, em diferentes situações.

Normalmente só se fotografam coisas consideradas exóticas ou insólitas (pescadores, acidentes, curiosidades, etc.). Eu tenho tentado fotografar uma generalidade de situações "normais" e rotineiras, quer de trabalho quer de lazer, e é só por isso que tenho fotografado crianças. Comecei agora uma série com estabelecimentos comerciais locais, e espero ir alargando este leque de temas.

As pessoas têm reagido bem a estas iniciativas, e gostam de aparecer na Internet, e isso tambem me dá satisfação. Calculo que os leitores também gostem. E tenho esperança que outros blogues surjam em Sesimbra, também dentro desta linha. Há muita gente que gosta de fotografar, e não conheço melhor meio para divulgar fotos do que a Internet. As fotografias têm esta vantagem: não demoram a publicar na net, e podem-se colocar com muita antecedência, marcando a data em que se quer que surjam, e o blogger.com faz a publicação automaticamente.

Finalmente: tenho reduzido os textos de opinião ao mínimo, e também comento pouco outros blogs, apenas por uma razão: isso consome muito tempo, dá origem a comentários diversos e nem sempre agradáveis, que nos obrigam a ficar "presos" a uma dada discussão, para mim não vale o tempo que se perde - mas gosto de ler comentários, quer neste blog quer noutros, a agradeço a todos os que aqui têm comentado.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada