ll

segunda-feira, maio 26, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ clique para ampliar ]
     Encontrámos este cão em Alfarim, numa pequena horta, onde o dono o mantém numa tenda (foto →). O cão impressiona pela cordialidade e pela energia com que procura o contacto com as pessoas, não sendo de forma alguma um cão de guarda, e também não há grande coisa a guardar. Ao fim de algum tempo, o dono queria-nos oferecer o cão, dizendo que, por ter crescido muito, não o podia ter em casa — e esta é talvez a verdadeira razão porque passa ali os dias, sozinho e preso a uma corrente, embora seja evidente que é bem tratado e alimentado.
     Isto passou-se há 2 meses, e impressionou-nos bastante o facto dum animal tão cordial e expansivo ter de passar os dias sozinho. Voltámos lá neste último fim de semana, e lá continuava ele, solitário mas cordial em extremo, como antes. Foi muito difícil voltar a deixá-lo.
     We met this wonderful dog two months ago, at Alfarim. The farmer, and owner of the dog, said that he kept him there as a guard dog. But there was not much to guard, and the dog was friendly in extreme, not a watchdog at all. Later the man asked us if we wanted to take the dog, saying that he had grown too much, and he couldn't keep him home — maybe the real reason why the dog is kept all day in this place, chained, in an improvised tent: see photo.
     We were so impressed by the friendly approach of this dog that we didn't forgot him. We were also impressed by the fact that such a magnificent dog had to be alone most of the time, playing a role not suitable for him, although he seems to be well treated and fed. We returned last week-end, and there he was, all alone, always friendly, extremely friendly and very energetic, and once again we left the place, very upset by this situation.

6 Comentários:

Às 26/5/08 , Blogger Abraham Lincoln disse...

Can't you take the poor dog home with you and give him the love and affection dogs deserve? I would but I am at the other end of the globe.

 
Às 26/5/08 , Blogger aiola disse...

Sinto vontade de chorar, ele olhou-me nos olhos com uma ternura de cão e disse-me leva-me contigo e eu não o trouxe.

Eu

 
Às 26/5/08 , Blogger Constança Lucas disse...

lindo
uma pena
como é possível abandonarem os animais

 
Às 26/5/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Este cão não se encontra abandonado: tem ar de estar bem tratado, tem comida,a tenda é ampla, e tem um ar saudável. O que me nos impressionou foi o facto de manifestar uma grande vontade de convívio e contacto, e passar certamente grande parte do dia sozinho.

 
Às 27/5/08 , Anonymous Constança disse...

antes assimm

 
Às 27/5/08 , Anonymous gnj disse...

Sr Joao aldeia,continuo a esperar pela sua esposição de fotos antigas e recentes tambem .porque não??
o seu espólio é muitissimo interessante e além da qualidade das fotos,todas elas tem um pouquinho de hitoria para contar...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada