ll

quarta-feira, fevereiro 20, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ blog©Sesimbra - clique para ampliar ]
Joguinho de cartas à rabeça.Playing cards in the afternoon.

8 Comentários:

Às 21/2/08 , Blogger Deslilas disse...

Une partie de cartes dans un port.
Les bonnes choses de la vie ne se perdent pas.
Cela me fait penser à un film de Marcel Pagnol, Marius ou César.

 
Às 21/2/08 , Blogger CARTEIRO disse...

Tu me fends le coeur!!!

Ah, ce Raimu, quel bonheur, quelle nostalgie!

 
Às 21/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Se não me engano, estamos à porta do "Isaías" que é o jogador à direita.
Olhando para os dois barrigudos, deduzo que não devem comer apenas peixe grelhado...


Maroto

 
Às 21/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Há um barrigudo que é meu.
Deixou-me muitas vezes ganhar os jogos para que eu não fizesse birra. Ah..! este meu mau perder, que ainda hoje me persegue...
Diverte-te João.

A tia do Pedro

 
Às 22/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Em frente está o filho do Charuto (Sr. Rafael, pai da Cecília), guardião do Clube Naval, pelas tardes e noites infinitas em que contemplava a baía e ensinava a jogar snooker e pool na mesa enorme do Clube.

 
Às 22/2/08 , Blogger CARTEIRO disse...

O "Charuto" é uma figura inesquecível das noites da década de 60, presença memorável no "Pinto e Pinto", com o Alfredo, o Deodato e todos quantos tiveram o privilégio de o conhecer.
Fino, malicioso, divertido, ficaram célebres as suas rábulas com o Galhofa.
Era outro tempo, era outra Sesimbra.
Se fosse hoje, se calhar, era o "Pintu's" ou outra parolice parecida.
Mas o Charuto foi único, homem que só dormia 2 ou 3 horas por noite, que não lia manuscritos, só letra de imprensa, que sabia de cor o número de cada sócio do Desportivo, um ás com as cartas, um tipo fixe...

 
Às 22/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Se fosse hoje, com a nova lei do tabaco em vigor, metade de Sesimbra não teria tido a oportunidade de o ver jogar tão bem...

 
Às 23/2/08 , Blogger Anequim disse...

Se ensinassem o canito que está debaixo da cadeira a jogar já podiam jogar à bisca.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada