ll

segunda-feira, janeiro 28, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ blog©Sesimbra - clique para ampliar ]
Máscaras.Masks.

9 Comentários:

Às 30/1/08 , Blogger Constança Lucas disse...

são máscaras de madeira?
lembram as do Minho

 
Às 30/1/08 , Blogger Constança Lucas disse...

que saudades de castanhas assadas na rua

 
Às 30/1/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Sim, são máscaras do norte de Portugal. Há uma exposição de fotografias destas máscaras na Escola Conde Ferreira, e no Domingo passado este grupo andou pelas ruas da vila a brincar com os passantes. Creio que neste momento há também uma exposição destas máscaras a percorrer algumas cidades do Brasil.

 
Às 30/1/08 , Anonymous raúl ribeiro disse...

já que estamos em saudades.....
e as do "Teso" com a saca de sarapilheira com as batatas doces quentinhas à porta do salão.....

 
Às 30/1/08 , Anonymous Anónimo disse...

Já tivemos Máscaras do norte e danças de Óbidos, tudo calha bem em Sesimbra???

 
Às 30/1/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

Tudo calha — pois se até já cá tivemos um "Calhabeta"!...

Uma sugestão: a não perder, a exposição na Escola Conde Ferreira sobre as máscaras do Douro e Trás-os-Montes. São imagens, máscaras e fatos de 21 diferentes festas. É uma das mais interessantes manifestações da cultura tradicional portuguesa. Até 15 de Fevereiro.

 
Às 31/1/08 , Blogger Constança Lucas disse...

a humanidade é activa e anda, tanto já foram os povos que por aí passaram, são essas trocas que enriquecem as pessoas

 
Às 31/1/08 , Blogger Constança Lucas disse...

deve ser bem interessante essa exposição

aqui no nordeste brasileiro também fazem máscaras similares e roupas muito parecidas, heranças culturais lusas muito festejadas

 
Às 1/2/08 , Anonymous isa disse...

Os Caretos (figuram de Trás-os-Montes que andam de caranchona (máscara horrenda), fazendo tropelias) desceram à magnifica Sesimbra. Foi engraçado e fundamentalmente uma forma de divulgação da cultura portuguesa.

Só é pena as castanhas assadas já não terem o cheirinho bom de outrora.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada