ll

domingo, agosto 19, 2007

fotografia alojada em www.flickr.com
[ blog©Sesimbra - clique para ampliar ]
Morro do Castelo de Sesimbra, vertente sul. Na vegetação dispersa, entre arbustos selvagens, algumas figueiras, zambujeiros e amendoeiras são vestígios dum tempo em que toda a encosta era agricultada com searas ("terras de pão"), árvores de fruto e hortas ("almuinhas").

5 Comentários:

Às 19/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

Não deve faltar muito para, de um dia para o outro, surgir aqui um condomínio fechado...

 
Às 20/8/07 , Blogger Biby Cletus disse...

hi there, i stumbled across your blog while randomly searching the blogosphere, nice one you have here, i also find the design to my liking. do keep up the good work.

warm regards from the other side of planet earth. i'll be back for more.

Deep Regards

Biby Cletus

 
Às 20/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

Caro anónimo

As zonas verdes estão a desaparecer, parece que houve uma explosão de pólvora e as encostas ficaram pejadas de construções.
Não sei se essas casinhas serão para os pescadores, embora fiquem um pouco fora de mão, a gente agradece.
Olha amigo, do mar só vê prédios a crescer e prá gente NADA.
Balalão

 
Às 30/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

De que nos queixamos afinal???
Mandar é para quem sabe!!!
Poder é para quem pode!!!
onde está a população quando há encontros, debates, contestações????depois queixamo-nos, queixamo-nos e que propostas colocamos na mesa???? Já perdemos a nossa vontade de reclamar nos locais certos??? a nossa força de dizer não nas alturas adequadas?? e a oportunidade de defender a nossa opinião com unhas e dentes???? cadé a garra com que acordámos numa madrugada de 1974???? Pois é falar é fácil!!! mas se olharem bem Sesimbra continua bonita, com noites bem animadas, acontecimentos interessantes!...Afinal o céu e o mar estão lá, só para quem ainda os vê!....

 
Às 30/11/10 , Anonymous Anónimo disse...

Estou de pleno acordo com o ultimo comentário, porque quando se trata de nos apresentarmos onde vão ser discutidos os assuntos que são de interesse publico, não comparecemos, e depois discutimos nos cafés,no muro da praia, mas se for Verão palramos na borda de água, com as cabeças cheias de areia...é assim, e sempre assim foi...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada