ll

quarta-feira, agosto 15, 2007

Porto de Sesimbra
fotografia alojada em www.flickr.comfotografia alojada em www.flickr.com
19862007
[ blog©Sesimbra - clique para ampliar ]

7 Comentários:

Às 15/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

Lindo , uma amalgama de edifícios sem nexo , megalómanos , roubaram área molhada para criar aquilo ? Deveria ser considerado crime !

 
Às 16/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

Na minha opinião, os edifícios que ali se encontram albergam actividades bastante úteis e necessárias: lota, comércio e transformação do pescado, estaleiros navais. Oxalá houvesse mais espaço para apliação destas instalações, principalmente para estaleiros e transformação do pescado (como já faz a Artesanalpesca).

Para quem usou tanto a "praia da doca", é chocante aquela fotografia em que se vêem os primeiros aterros, mas também aquela praia só "nasceu" devido aos primeiros pontões que se fizeram nesta Angra.
J.A.

 
Às 16/8/07 , Anonymous gnj disse...

Pois em minha opiniao está perfitamente desajustada á realidade.
Se fosse á dez anos atrás,a força da pesca sentia realmente a necessidade de instalaçoes desta grandeza....mas actualmente nao faz sentido.
O antigo espaço da doca dava e sobrava para o que temos hoje...enfim uma questao de nao prever o futuro,embora aceite que nao era previsivel que a pesca perdesse a influencia que tnha em Sesimbra, de qualquer maneira,a diferença de paisagem é inquestionavelmente chocante..para pior.
BOM trabalho mais uma vez!!!

 
Às 16/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

Discordo do J.A. , a lota está desajustada (enorme) para o volume de pescado transacionado actualmente ( 6 traineiras , 2 ou 3 barcos do espadarte , alguns arrastões às vezes ,peixe espada preto dia sim dia não e pouco mais ) o comércio e tranformação de grande parte do pescado está a ser absorvido pela Artesanalpesca caminhando a largos passos para a monopolização do comércio do pescado em Sesimbra , quanto aos estaleiros navais ,há quantos anos não é construido um barco em madeira neste estaleiro ? Fibra ? Ferro ? ao lado da praia ? não obrigado .
Continuo a achar que o projecto do porto de Sesimbra foi um erro.
E como de costume beneficiados são alguns e prejudicado é o povo .

 
Às 16/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

Muito bem. Mas então e o futuro?

A Artesanalpesca é, por enquanto, a única a transformar pescado, porque foi pioneira nesse aspecto, e tem muito mérito nisso: quem nos diria, há alguns anos, que os pescadores de Sesimbra também viriam a transformar e valorizar o seu peixe? Convém também ver o lado positivo destas coisas, que mostram que há iniciativa e criatividade nesta terra.

Quando os barcos do anzol começaram a ir para o Garrincha e Ampère, e depois para Marrocos, também surgiram críticas a esses arraises que se aventuravam mar fora - Anacleto, Caminhão, Maquino, Armelindo, Zé Leste, e outros. Mas eles foram pioneiros de duma aventura que valorizou muito a pesca em Sesimbra e fez aumentar o número de pescadores.
J.A.

 
Às 17/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

O futuro está à vista , é só comparar o numero de pescadores no activo hoje e à 10 anos atrás .
E já agora saber quantos deles estão agora como trabalhadores indiferenciados na Câmara ou como serventes nas obras ...
Como se diz hoje : " Há caixas mas não há peixe "

 
Às 20/8/07 , Anonymous Anónimo disse...

Só uma pergunta para alguem que saiba responder : Uma obra desta envergadura e os peões têm que continuar a circular pela estrada ? Porquê ?

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada