ll

terça-feira, julho 31, 2007

fotografia alojada em www.flickr.com
[ blog©Sesimbra - clique para ampliar ]
Projecto para a Fonte da Telha.

     É verdade, mas data do início dos anos 70 e não teve qualquer consequência — a não ser talvez um obscuro relacionamento com o roubo de parte do território de Sesimbra.
     Esta imagem foi publicada no Jornal de Almada, com o objectivo de promover um tal "Centro Turístico Internacional da Costa", uma espécie de Torralta da Caparica, financiado através de pequenas poupanças. A verdade é que algumas pessoas (não se sabe quantas) adiantaram dinheiro para este projecto, que praticamente não saíu das páginas da imprensa.
     O "aglomerado" da imagem seria o "Centro Cívico", e o jornal anunciava que teria "uma capacidade para 8 mil camas e parque para 4 a 5 mil veículos. Poderá servir 3 mil refeições simultaneamente. Na piscina monumental poderão tomar banho 4 mil banhistas. Os seus parques infantis poderão ser utilizados por mil crianças. Haverá uma emissora de T.V. privativa, em circuito fechado, para servir todos os sectores do centro cívico."
     Já imaginaram? Quatro mil pessoas numa piscina e mil crianças num parque infantil! E tudo isto em cima da falésia, a norte da Lagoa, já a caminho da Fonte da Telha. Outra das ideias associadas a este projecto era o de transformar a Lagoa de Albufeira num porto oceânico. Mesmo nesse tempo, e nas páginas do mesmo jornal, houve vários artigos a criticar o projecto. Num deles afirmava-se que a sua construção representaria um "arboricídio", dado o número de árvores que seriam abatidas.
     Foi precisamente esta zona da Fonte da Telha que foi retirada a Sesimbra e entregue a Almada. Nas páginas deste mesmo jornal de Almada encontramos vários artigos do sesimbrense Rafael Monteiro a contestar esse desvio de território, mas sem qualquer resultado, como é sabido.

2 Comentários:

Às 19/3/08 , Blogger Ricardo disse...

qual era o promotor ? existem mais dados sobre esta "Torralta" da Fonte da Telha ?

 
Às 19/3/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

As únicas referências que conheço são do Jornal de Almada, que fez uma cobertura bastante entusiástica desta iniciativa. O jornal até parecia o porta-voz do projecto de investimento, embora também tenha publicado artigos de contestação (num deles designa-se o abate de árvores implícito no projecto como um "arboricídio").

Da leitura desses artigos fiquei com a ideia de que os promotores avançaram para a divulgação do projecto sem terem garantido a viabilidade construtiva, talvez para que alguma "adesão popular" ajudasse a empurrar a monstruosidade. Mas em Abril de 1973 emitiram um comunicado patético, tentanto acalmar quem já lhes tinha entregue dinheiro.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada