ll

quarta-feira, agosto 23, 2006

Passagem

 Hoje coberta de areia, a "Passagem" era a zona da praia com ar mais "selvagem", com as fiadas de rochas postas a descoberto na maré-vazia (fotografia), as grandes algas castanhas ("golfo"), os passadiços do Macorrilho e Alcatraz, a Pedrancha. No seu blogue EcoCoisas, etc... Teresa Leite recorda vivamente esses tempos, bem como outras referências da Vila:
[...] «Foi pena terem desaparecido os camarões de Sesimbra, os caranguejos (navalhas), as pulgas da areia, o barco afundado onde se apanhavam lagostas (imagine-se), o bar do Toni, o Pinto e Pinto e todo um património natural que deu lugar à civilização, a novas e belas habitações, melhores condições de vida para todos, mas onde se perdeu todo o encanto que na juventude fazia desta vila o encanto de todos nós.
FICOU O MAR, SEMPRE O MAR.»

3 Comentários:

Às 23/8/06 , Anonymous Nelson disse...

ola!
sou frances e escrevo muito mal o portugues... desculpe me para os erros...

so quero dizer te que o teu blog da me muitas saudades de Sesimbra!

ja ha mais de 20 anos que passo la as minhas ferias (verao e mais raremente hiverno)...

goste muito das historias de sesimbra, sao historias que os touristas como eu nao podem conhecer...

obrigado e sff CONTINUA!!!!!!!

Nelson un frances con muitas saudades!!!

 
Às 25/8/06 , Blogger J.A. disse...

Obrigado pelo seu comentário!

 
Às 28/8/06 , Blogger Luis Eme disse...

O progresso é sempre uma "faca de dois gumes"...
Parabéns pelo blogue. Embora seja a primeira vez que comente, já passei po cá outras vezes, e vou continuar a aparecer.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada