ll

sábado, fevereiro 25, 2006

Cezimbra


[ clique para ampliar ]
Canoa de Cezimbra

     «Cezimbra - A 9 quilómetros para leste do Cabo do Espichel demora a Ponta da Varanda, limite ocidental da enseada de Cezimbra, ao fundo da qual fica a povoação de pesca do mesmo nome, a qual pode ser considerada unicamente entregue a esta indústria.
     Na costa que se desenvolve desde o Cabo do Espichel até ao Portinho da Arrábida, denominada "Costa de Cezimbra ou da Serra", em uma extensão de 4,5 léguas, lançam vinte e três armações de pesca, como consta do mapa seguinte, referido a 1886:

NúmeroNome das armaçõesProprietários
1 Balieira Velha Manuel Caldeira da Costa
2 Balieira Nova Sociedade de Pescarias Lisbonense
3 Vale Covo Frade & Rumina
4 Forninho Viúva Roquette
5 Baixas Soares & Pólvora
6 Bolará Bernardino José da Silva
7 Burgau Manuel Caldeira da Costa
8 Ilhéu das Gaivotas Frade & Rumina
9 Varanda Sociedade de Pescarias Lisbonense  
10 Cavalo Soares & Pólvora
11 Remechida Preto & Franco
12 Torre Soares & Pólvora
13 Charanga Frade & Rumina
14 Moeda Viúva Roquette
15 Agulha Alípio Loureiro
16 Cova de Cabo de Ares  Alípio Loureiro
17 Cabo de Ares Sociedade de Pescarias Lisbonense
18 Cozinhadoira Manuel da Cruz Fernandes
19 São Penedo Sociedade de Pescarias Lisbonense
20 Risco Manuel Caldeira da Costa
21 Ilhéu dos Olhos João Maria Cruz
22 Greta Soares & Pólvora
23
 Lagosteira
 D. Diogo de Sousa
     «Posto que as armações de pesca desta costa sejam destinadas à captura da sardinha, ainda assim caiem nelas muitas outras variedades de peixes das que mais se aproximam da terra.
     Este sistema de pesca é o principal e o que maior quantidade de pescaria produz, no entanto também o porto de Cezimbra possui canoas de pesca do alto e costeira ao anzol, e os pescadores lançam na enseada as armadilhas de verga denominadas cóvos.
     O mapa que se segue mostra o movimento de pesca do porto de Cezimbra no ano de 1885 a 1886.»

BarcosArmações de pescaTotal
 Número  Tripulantes  Número  Barcos Número de
 homens das 
companhas
 Embarcações  Pessoas 
3919523130575169770
Valor do pescado
Sardinha Peixe diverso Total
89.527$040262.055$960351.583$000

A. A. Baldaque da Silva
"Estado Actual das Pescas em Portugal" - 1892

2 Comentários:

Às 2/3/06 , Anonymous Anónimo disse...

Muito, muito interessante. Este tipo de informação faz sempre falta, só é pena que os bloguers só comentem carnavais e outros ais...

Boa J.A.ficamos a aguardar mais informação.

Urban@

 
Às 2/3/06 , Blogger J.A. disse...

Obrigado.

Mas repare que os debates sobre os formalismos carnavalescos não têm menos importância do que informações como as que foram recolhidas pelo Baldaque da Silva. Normalmente tendemos a dar mais importância a revelações sobre um passado perdido e relativas ao trabalho, comparativamente com domínios do presente e do âmbito do divertimento. Mas, no fundo, estamos a falar sempre da mesma coisa: do percurso peculiar da humanidade organizada em sociedades que buscam o bem-estar.

Frequentemente esquecemo-nos de que poucas gerações separam pessoas que exteriormente parecem muito diferentes (por exemplo: um pescador de finais do séulo XIX e uma sambista do desfile da passada terça-feira, em Sesimbra) mas que, no seu íntimo, não podem deixar de ser muito semelhantes.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada