ll

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

     Comemoram-se hoje os 400 anos do nascimento, em Lisboa, do Padre António Vieira. Tendo ido com 6 anos para o Brasil, ingressou na carreira religiosa, na Ordem de Jesus, e destacou-se como missionário em terras brasileiras. Defendeu os direitos humanos dos povos indígenas, combatendo a sua exploração e escravização. Também defendeu os judeus das perseguições religiosas. Como seria de esperar, foi perseguido pela Inquisição e mantido preso durante mais de 2 anos. Vieira desempenhou igualmente funções diplomáticas importantes.
     O Padre António Vieira foi um dos grandes escritores da língua portuguesa e as suas cartas e sermões, para além do seu conteúdo religioso, político e filosófico, contribuiram para enriquecer profundamente a língua portuguesa e constituem, ainda hoje, uma fonte de aprendizagem de bem falar e bem escrever Português. Vieira defendeu ainda a ideia do "5º Império", uma visão messiânica que atribui a Portugal o papel de instituir no mundo um Império, de ordem essencialmente espiritual, assente no ideário religioso.


     400 years ago, at Lisbon, was born Priest Antonio Vieira. Missionary. Brought when a child to Bahia (Brazil), he studied under the Jesuits. A champion of freedom, he maintained that no citizen should be exempt from taxation, and denounced the severity of the Portuguese Inquisition. At different periods, Vieira acomplished diplomatic missions, but he little relished such honours, and steadily refused the official title of ambassador and the offer of a bishopric. In 1652 he returned to Brazil. But so fearless were his denunciations of the slave owners and their excesses that in 1654 he was obliged to return to Lisbon, where he pleaded the cause of the outraged Indians. He was successful, and sailed for Brazil in 1655. Six years he worked for the Indians, translating the Catechism into their idioms, teaching them the arts of peace, but again arousing the hatred of the slave owners, who in 1661 "exiled" him to Lisbon. Vieira was then condemned by the Portuguese Inquisition, forbidden to preach, and kept a prisoner for more than 2 years.
     As a prose writer he is perhaps the greatest Portugal has produced. As an orator he is undoubtedly one of the world's masters, equally great in the cathedrals of Europe and the rude shrines of Maranhao. [English text adapted from the Catholic Encyclopedia.]

1 Comentários:

Às 6/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Provavelmente, antepassado deste António Vieira, mais conhecido por pingazeite.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada