ll

segunda-feira, fevereiro 11, 2008

fotografia alojada em www.flickr.com
[ blog©Sesimbra - clique para ampliar ]
Carnaval de Sesimbra.Carnival of Sesimbra.

11 Comentários:

Às 11/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Há gente que faz parte do carnaval, este rapaz é uma dessas pessoas sempre o conheci a trabalhar para este evento

 
Às 11/2/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

É verdade. É um dos "criativos" com responsabilidade pela concepção dos enredos, fatos, etc. Creio que é ele que está nesta fotografia da Banda de Música, em 1978, ao cimo à direita: ver →.

 
Às 11/2/08 , Blogger Château-Gontierdailyphoto disse...

Very nice catch

 
Às 11/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

este tem piada:)

 
Às 11/2/08 , Anonymous saloia daqui disse...

sexy... quem é?

 
Às 12/2/08 , Blogger Amiga Atlántica disse...

Viendo tus fotos del carnaval, me sorprende ver la gran relevancia de estas fiestas en tu ciudad, por aquí en Vigo tienen mucha menos incidencia.
Impresionantes disfraces, me recuerdan a Brasil.
Cumprimentos

 
Às 12/2/08 , Blogger J.A.Aldeia disse...

amiga atlántica: é um Carnaval fortemente inspirado no Carnaval do Rio de Janeiro. Começou expontaneamente há pouco mais de 30 anos, e agora tem uma dimensão turística importante.

Também é criticado por representar uma cópia de um modelo de outro país. Mas o Brasil não é apenas um "outro país", pois existe uma afinidade cultural muito grande com Portugal. (Os portugueses gostam de saber que as festas populares do Nordeste brasileiro revelam fortes influências das tradições portuguesas, mas o contrário já não lhes agrada tanto...)

É verdade que as formas tradicionais de Carnaval declinaram, embora não tenham desaparecido totalmente. resta saber se a causa disso é este Carnaval "brasileiro", ou se acontece por outras razões.

Mas este Carnaval tem coma característica positiva o ser feito pelos próprios sesimbrenses, normalmente jovens mas também de outras gerações, e no seu conjunto constitui uma oportunidade de convívio, socialização, divertimento, e até de reflexão social e cultural, no âmbito dos temas que são desenvolvidos (protecção do ambiente, África como continente abandonado.) Também há uma componente de exaltação do corpo, através do vestuário e pela dança, que uns acharão bem, e outros mal.

Pode dizer-se: tudo isso é muito bonito, mas seria preferível que fosse expresso através de formas e rituais puramente criados por nós. Eu concordo, e pergunto: mas quais?

amiga atlántica: terás de vir um dia a Sesimbra, para formar a tua própria opinião.

 
Às 12/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Este rapaz sambava muito bem e ensinou muitas das passistas a dançar.

 
Às 12/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

O grande Diamantino, uma das almas vivas do Carnaval de Sesimbra.
O Paulo Macedo, o Reinaldo, a Francesa e tantos outros, têm "fugido" para os bastidores, mas fazem falta na "passarela". Voltem!

 
Às 12/2/08 , Anonymous Anónimo disse...

Algumas das características do sesimbrense são a forma de utilização da limguagem, irónica, a maneira descontraída de estar e de ser.

O carnaval também tem essa vertente, permite-nos a utilização da máscara e da linguagem em "falsete". Numa terra pequena como a nossa, onde toda a gente se conhece, é fácil fazer uma paródia sobre factos que se passaram e passar por outra pessoa.

Habituados à brincadeira, carnavalesca, os sesimbrenses, quando descobrem quem são os interlocutores divertem-se juntos, porque geralmente são bons amigos.

 
Às 13/2/08 , Blogger CARTEIRO disse...

Tudo quanto este anónimo diz está certo, mas só se aplica ao Carnaval de antes do 25 de Abril, da cara tapada, da intriga, do mistério.
Do CARNAVAL, em suma.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

Aguarelas de Turner|  O amor pelas coisas belas |  Angola em Fotos  Aldrabas e fechaduras| Amigos da Dorna Meca| Amigos de Peniche| André Benjamim| Ao meu lado| Arrábida| (flora) Arrábida| (notícias) Arrastão| @tlanti§| Atlântico Azul| Atitude 180| Badamalos| Banda da SMS|  Barcos do Norte | B. dos Navios e do Mar| Blasfémias| Blue Moon I|  Boa Noite, Oh Mestre! | Canoa da Picada|  Carlos Sargedas |  Caminhos da Memória |  Catharsis |  Caxinas... de Lugar a freguesia  | Cetóbriga| Clube Leitura e Escrita| Coelho sem Toca| Cova Gala|  Crónicas de 1 jornalista | De Rerum Natura|  Desporto Saudável | Dias com Árvores| *** Dona Anita ***| Do Portugal Profundo| El mar és el camí| Espaço das Aguncheiras| Estórias de Alhos Vedros|  Estrada do Alicerce | Expresso da Linha|  Filosofia Extravagante | Finisterra| Flaming Nora| Grão de Areia| Gritos Mudos| Homes de Pedra en Barcos de Pau| Imagem e Palavra| Imagens com água| Imenso, para sempre, sem fim| O Insurgente| J. C. Nero| José Luis Espada Feio|  Jumento  Lagoa de Albufeira| Mar Adentro Ventosga| Magra Carta| Marítimo| Mil e uma coisas| Milhas Náuticas| Molino 42| My Littke Pink World| Nas Asas de um Anjo| Navegar é preciso|  Navios à Vista |  Nazaré | Neca| Nitinha| Noites 100 alcool| Nós-Sela| Nubosidade variabel| O Calhandro de Sesimbra|  Orçadela | Página dos Concursos| Pedras no Sapato|  Pedro Mendes | Pelo sonho é que vamos| Pescador| Pexito do Campo|  A Pipoca mais Doce | Ponto de encontro| Portugal dos Pequeninos|  Praia dos Moinhos |  Quartinete | Reflexus| Rui Cunha Photography| Rui Viana Racing| Rumo ao Brasil|  Ruy Ventura | Sandra Carvalho| Sesimbra arqueológica|  Sesimbra Jobs |  Sesimbra Jovem |  Sesimbra, três Freguesias, um Concelho| Se Zimbra|  Simplicidade | Singradura da relinga| Skim Brothers| Sonhar de pés presos à cama|  Tiago Ezequiel |  Tiago Pinhal |  Trans-ferir | Una mirada a la Ria de Vigo|          Varam'ess'aiola |  Ventinhos |


Canoa da Picada